PSP diz que Corpo de Intervenção foi agredido com bolas de golfe e garrafas

Subcomissário Hugo Abreu explica ainda as duas detenções

A carregar o vídeo ...
Imagens chocantes de adepto a ser agredido por agente da PSP

Hugo Abreu, subcomissário da Polícia de Segurança Pública (PSP) explicou aos jornalistas que o Corpo de Intervenção foi atingido por objetos arremessados por adeptos do Benfica, no momento em que houve necessidade de efetuar uma carga, quando os Super Dragões chegavam à Luz.

PSP explica agressão a adepto
"Foi uma operação no seio dos adeptos do Benfica. Houve necessidade de intervenção do Corpo de Intervenção mas quanto interviram foram agredidos com garrafas, bolas de golfe e algumas pedras, pelo que foi necessário empregar a força", referiu Hugo Abreu, acrescentando que "até ao momento não há incidentes com adeptos do FC Porto."

O subcomissário revelou ainda que houve duas detenções, uma devido a venda de bilhetes na 'candonga' e outro por injúrias a um agente da autoridade, o que levou mesmo a uma detenção seguido de agressão por parte de um agente da PSP: "Temos a registar duas detenções, o primeiro por crime de especulação e o segundo por injúrias a agente da autoridade. Esse indivíduo cuspiu para o agente da polícia e houve necessidade de detê-lo."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.