Rosa Grilo e António Joaquim condenados a 25 anos de prisão

Supremo Tribunal de Justiça condenou viúva do triatleta e amante de Rosa à pena máxima

O Supremo Tribunal de Justiça condenou esta quinta-feira Rosa Grilo e António Joaquim à pena máxima de 25 anos de prisão pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, ocorrido em julho de 2018 bas Cachoeiras, em Vila Franca de Xira, avança o 'Correio da Manhã'.

Rosa Grilo foi condenada, em primeira instância pelo Tribunal de Loures, a 25 anos de prisão pela morte de Luís Grilo. O amante, António Joaquim, acabou por ser absolvido do crime. O caso chegou ao Supremo após a arguida ter recorrido.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.