Rui Pinto é agora suspeito de piratear o Estado português

Revista 'Sábado' revela novos dados

• Foto: Reuters

Mais do que atacar clubes de futebol e empresários de jogadores, Rui Pinto é agora suspeito de piratear o Estado Português. A Polícia Judiciária e o Ministério Público encontraram indícios de que o hacker entrou nos e-mails do antigo diretor do DCIAP, Amadeu Guerra, e da ex-procuradora geral distrital de Lisboa, Maria José Morgado. Indícios que foram expressos pelo MP no pedido de declaração de especial complexidade, de acordo com a 'Sábado', que está esta quinta-feira nas bancas.

Conheça também os motivos que levaram o Tribunal da Relação de Lisboa a manter o pirata informático em prisão preventiva - que incluem o acordo de pagamento de 300 mil euros ao advogado Aníbal Pinto caso conseguisse extorquir a Doyen.

 

103
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.