Rui Pinto vai ser extraditado para Portugal

Decisão do tribunal húngaro é passível de recurso

• Foto: CMTV

Rui Pinto, alegado hacker ligado ao Football Leaks, vai ser extraditado para Portugal. A decisão foi tomada esta terça-feira por um tribunal da Hungria, país onde o português está detido.

A decisão é, no entanto, passível de recurso.

Em tribunal, o alegado hacker pediu para não ser extraditado para Portugal devido a "uma questão de vida ou de morte", realçando as ameaças que recebeu e dizendo não acreditar na justiça portuguesa: "Infelizmente não posso confiar nas autoridades portuguesas".

Ainda antes de conhecer a decisão, Rui Pinto falou aos jornalistas sobre o caso dos emails do Benfica, remetendo o assunto para Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto.

Rui Pinto pede para não ser extraditado para Portugal: «É uma questão de vida ou de morte»

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.