Zahara: a 'aldeia fictícia' de Astérix e Obélix que não tem infetados por coronavírus

Município espanhol com cerca de 1.400 habitantes não permite entradas nem saídas de pessoas

• Foto: Cádiz Turismo

Zahara é uma verdadeira fortaleza contra o novo coronavírus. O município de Cádiz, na Andaluzia, é um dos poucos lugares em Espanha que segue sem qualquer infetado pela Covid-19 e espera continuar assim.

Com uma estimativa de 1.400 habitantes, há quem já assemelhe Zahara à aldeia de Astérix e Obélix, a única que não foi conquistada pelo Império Romano, liderada pelo Imperador Júlio César. A verdade é que o município não possibilita a entrada nem saída de qualquer habitante, tendo fechado três dos quatro acessos à cidade - o único que resiste é controlado por uma polícia local.

O habitante que sair de Zahara só pode fazê-lo com o consentimento do prefeito Santiago Galván, pedido pessoalmente e com todos os precauções necessárias: luvas, sem contacto físico e com uma distância de dois metros. Todos os cuidados são poucos e, por isso, a aldeia conta ainda, diariamente, com um grupo de pessoas que ajuda a desinfetar o perímetro, de modo a manter a província 'imaculada'.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.