Bruno Esteves foi o árbitro que mais "faturou"

na primeira metade da época

Bruno Esteves foi o árbitro que mais 'faturou'
Bruno Esteves foi o árbitro que mais 'faturou' • Foto: FERNANDO FERREIRA

Bruno Esteves foi o árbitro da primeira categoria que mais "faturou" na primeira metade da época 2011/12, mas seguido de muito perto por Hugo Miguel e Rui Costa, segundo e terceiro colocados no "ranking" de rendimentos.

O juiz setubalense, de 34 anos, dirigiu até ao momento 18 jogos, 16 dos quais como árbitro principal - cinco na Liga principal, cinco na Liga Orangina, três na Taça de Portugal e três na Taça da Liga - e um como quarto árbitro, que lhe garantiram 16.774 euros.

A este valor acresce o subsídio de treino mensal de 400 euros atribuído pela Liga de clubes, o que eleva o rendimento total do planeador e gestor de stocks para os 18.774 euros nos cincos meses de competição.

O lisboeta Hugo Miguel, 11.º colocado no final da temporada passada, ocupa o segundo lugar do "ranking", com menos 490 euros do que Bruno Esteves, enquanto o portuense Rui Costa encerra o pódio, a 616 euros da liderança.

Na última posição do "ranking" dos ganhos está o internacional Olegário Benquerença, que esteve presente em oito encontros - quatro da Liga principal, três da Liga Orangina e um da Taça de Portugal - sempre como árbitro principal, que lhe conferem um rendimento de 10.318 euros.

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas