Record

Fontelas Gomes defende reestruturação

Fórum de Arbitragem

• Foto: Fernando Ferreira
José Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), pretende uma total reestruturação no ensino da arbitragem. "É convicção deste CA que a formação de árbitros deverá ser estruturada da base ao topo e que a Academia de Arbitragem tem como principal missão a criação de modelos formativos, com método e de apoio constante às associações distritais e regionais. A formação deverá ser igual em qualquer ponto de Portugal. Este desígnio é o mote para o que nos propomos fazer neste Fórum de Arbitragem", revelou o dirigente no seu discurso no Fórum de Arbitragem, difundido no site da FPF.

A 15ª edição deste colóquio está a decorrer este fim de semana, em Porto de Mós, e Fontelas Gomes ainda enalteceu a realização deste encontro, assim como explicou o seu objetivo. "Criar um momento de oportunidade para discutir questões importantes que têm sido complementados com a realização de outros eventos de caráter mais individual ao longo da época, de forma a criar uma maior proximidade com os conselhos de arbitragem distritais, algo considerado fundamental", afirmou.

Esta reunião, para além da discussão da formação de árbitros com especial foco na Academia de Arbitragem, serve igualmente para a homologação dos cursos de nível 1 e para discutir o modelo organizacional do futsal. 
Por Luís Magalhães
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas