FPF decreta minuto de silêncio em homenagem a Alex Apolinário

Em todos os encontros que organiza agendados entre esta quinta-feira e o próximo domingo

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decretou o cumprimento um minuto de silêncio em todos os encontros que organiza, em memória do futebolista Alex Apolinário, do Alverca, que morreu esta quinta-feira na sequência de uma paragem cardiorrespiratória sofrida no domingo.

Em nota divulgada no seu site oficial, a FPF refere que "vai honrar a memória do futebolista Alex Apolinário decretando um minuto de silêncio nos jogos da sua tutela, agendados entre esta quinta-feira e o próximo domingo".

Alex Apolinário, jogador do Alverca, morreu hoje, aos 24 anos, após ter sofrido paragem cardiorrespiratória num encontro do seu clube frente ao União de Almeirim, realizado no domingo e relativo à 10.ª jornada da Série F do Campeonato de Portugal, que acabou por ser interrompido.

O jogador brasileiro caiu inanimado, ao minuto 27 do encontro, quando se deslocava no campo do Complexo Desportivo do Futebol Clube de Alverca, sem que estivesse a disputar qualquer lance.

Alertado para o sucedido por vários jogadores, o árbitro Gonçalo Carreira, de Leiria, interrompeu a partida e as equipas médicas e bombeiros entraram de imediato em campo, para iniciarem as manobras de reanimação ao jogador, que foi posteriormente transportado para o Hospital de Vila Franca de Xira.

Alex Apolinário chegou ao futebol português no início da temporada de 2018/2019 para alinhar pelo Alverca, após ter representado o Cruzeiro e o Atlético Paranaense no Brasil.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.