Sporting anuncia nome da nova treinadora da equipa feminina

Mariana Cabral salta da equipa B para a formação principal

O Sporting apresentou esta quarta-feira Mariana Cabral como nova treinador da equipa feminina para a temporada 2021/22. Ligada aos leões desde 2016/17, quando assumiu o comando das Sub-19, a técnica de 33 anos orientou na temporada que agora termina a formação B das leoas, onde conseguiu oito vitórias em oito encontros disputados. A seu lado nesta nova aventura estarão os treinadores-adjuntos Beatriz Teixeira e João Almeida Rosa, o treinador de guarda-redes Gonçalo Xavier, o preparador físico Nuno Ribeiro e o analista João Mateus.

Nas primeiras declarações enquanto nova técnica das leoas, Mariana Cabral começou por agradecer "à direção e à estrutura da Academia e do futebol feminino por toda a confiança depositada", assumindo ter noção da responsabilidade que terá em mãos, nesta aventura na qual sucederá a Susana Cova.

"Sabemos que há dúvidas, mas toda a vontade que temos é muito superior a quaisquer dúvidas que possam existir. Esse é o primeiro passo. Depois, sabemos que no futebol a lei é a lei das vitórias. Neste clube, que em todas as modalidades prima por vitórias nacionais e europeias, mais ainda. Temos uma fasquia muito alta e o futebol feminino não quer fugir a esse patamar. O futebol feminino está aqui para dar títulos ao Sporting, para lutar constantemente por títulos. Vamos, desde o primeiro dia, tentar ganhar com um futebol que envolva os Sócios e adeptos e que traga mais gente aos estádios. Que consiga levar mais pessoas a ligarem a televisão para verem futebol feminino. É isso que nos interessa: valorizar o cube e valorizar o futebol feminino", declarou a treinadora, ao site oficial do Sporting.

Num olhar ao plantel, a técnica leonina deixou a promessa de uma equipa "muito competitiva e ambiciosa". "Jogadoras mais novas, jogadoras mais experientes, jogadoras portuguesas e jogadoras que vêm de fora. Jogadoras muito ambiciosas e competitivas; é isso que queremos. Jogadoras que queiram estar no Sporting e que mostrem que merecem representar o Sporting. Isso é o principal e o mais importante. Precisamos de envolver toda a gente nesta ideia de que o ADN Sporting é o mais importante. O Clube está em primeiro lugar. Desde o roupeiro até ao departamento médico, equipa técnica, jogadoras... Toda a gente tem de ter esta ideia: primeiro o Sporting CP e depois tudo o resto. Todos a lutar pelo mesmo. (…) O que nos interessa é que esta mescla entre juventude e experiência possa criar uma equipa mais competitiva para lutar por títulos. Este clube, em qualquer modalidade, existe para isso", finalizou.

Por Record
9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Feminino

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.