Record

Belenenses-Feirense, 3-1: Equipa do Restelo entra com o pé direito

"nortenhos" dominaram durante 60 minutos

Belenenses-Feirense, 3-1: Equipa do Restelo entra com o pé direito
Belenenses-Feirense, 3-1: Equipa do Restelo entra com o pé direito • Foto: VÍTOR CHI

Os "estreantes" Arsénio e Si Salem deram este sábado a vitória ao Belenenses sobre o Feirense (3-1), depois de Fernando Ferreira ter aberto o marcador de penálti num jogo de futebol em que os "nortenhos" dominaram durante 60 minutos.

Até ao 2-0, os comandados de Van der Gaag capitalizaram da melhor maneira as únicas oportunidades de golo vendo do outro lado do campo um Feirense a não conseguir bater o britânico Matt Jones.

O Feirense entrou melhor no jogo, mais dominante e com mais posse de bola, mas o Belenenses nunca baixou os braços e aos 12 minutos chegou à vantagem no encontro, de grande penalidade, convertida por Fernando Ferreira, a castigar falta de Luciano sobre Fredy. A partir daí os azuis acertaram as marcações e começaram a jogar de forma mais folgada e, aos 27 minutos, chegou aos 2-0, por intermédio de Arsénio, que recebeu um cruzamento longo de Duarte Machado, e beneficiou da passividade da defesa da equipa comandada por Henrique Nunes para fazer o gosto ao pé.

Com a entrada inicial em 4x4x2, o Feirense manteve o balanço no ataque mas reposicionou-se, com a entrada de Clayton para o lugar de Thiago Freitas, aos 33 minutos, e passou a jogar em 4x1x4x1 voltando a dominar a posse de bola.

A história da primeira parte repetiu-se na segunda. O Feirense voltou a entrar mais dominador, mas, aos 64 minutos, Oliveira complicou a vida a Henrique Nunes. Agarrou Tiago Caeiro na área, quando este surgia isolado. O árbitro portuense Jorge Sousa não perdoou o erro e expulsou o central. Na marcação da grande penalidade, o guarda-redes Marco Rocha defendeu o remate de Fernando Ferreira.

A jogar com menos um elemento, o Feirense não baixou os braços e encostou os três atacantes em cima da linha defensiva dos "azuis", que passaram a jogar em contra-ataque, e, aos 82 minutos, reduziu o marcador por intermédio de Diogo Cunha, de grande penalidade, a castigar falta de Fernando Ferreira sobre Ludovic. Contudo, a "manta" estava demasiado curta no setor defensivo e em cima do apito final o argelino Si Salem, reforço do Belenenses para esta temporada, selou o resultado, numa iniciativa individual pela esquerda.

Jogo realizado no Estádio do Restelo, em Lisboa.

Belenenses - Feirense, 3-1.

Ao intervalo: 2-0. 1-0, Fernando Ferreira, 12 minutos (grande penalidade). 2-0, Arsénio, 27 minutos. 2-1, Diogo Cunha, 82 (grande penalidade). 3-1, Si Salem, 86.

Equipas:
Belenenses: Matt Jones, Duarte Machado, João Meira, Kay, Nélson, Fernando Ferreira, Diakité, Fredy, Tiago Silva (Si Salem, 66), Arsénio (Zambujo, 77) e Tiago Caeiro (Diawara, 88). (Suplentes: Filipe Mendes, Si Salem, Filipe Ferreira, Zambujo, Eridson, Zazá e Diawara). Treinador: Mitchell van der Gaag.
Feirense: Marco Rocha, Serginho (Ludovic, 66), Oliveira, Luciano, André Santos (Jorge Gonçalves, 55), Rafa, Sténio, Thiago Freitas (Clayton, 33), Digo Cunha, Fonseca e Pires. (Suplentes: Marcos, Ludovic, Clayton, Jorge Gonçalves, João Ricardo, Carvalho e João Viana). Treinador: Henrique Nunes.

Árbitro: Jorge Sousa (Porto).
Ação disciplinar: cartão amarelo a Fonseca (76), Fernando Ferreira (82) e Fredy (83). Cartão vermelho direto a Oliveira (64). Assistência: Cerca de 1.000 espectadores.

7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

M