Record

Benfica B-U. Madeira, 4-1: Goleada com bis de Miguel Rosa

Rui Fonte estreou-se de águia ao peito

Benfica B-U. Madeira, 4-1: Goleada com bis de Miguel Rosa
Benfica B-U. Madeira, 4-1: Goleada com bis de Miguel Rosa
Benfica B-U. Madeira, 4-1: Goleada com bis de Miguel Rosa
Benfica B-U. Madeira, 4-1: Goleada com bis de Miguel Rosa
Benfica B-U. Madeira, 4-1: Goleada com bis de Miguel Rosa
Benfica B-U. Madeira, 4-1: Goleada com bis de Miguel Rosa

O Benfica B, afortunado nos momentos fulcrais da partida, bateu esta segunda-feira o União da Madeira por 4-1, no Estádio da Luz, no encontro que fechou a 26.ª jornada da 2.ª Liga.

Marcou cedo o Benfica B, logo aos sete minutos, com um golo algo consentido por Marcelo, e, depois, respondeu ao empate do União em apenas três minutos, já na segunda parte. Para moralizar em absoluto os jovens benfiquistas, o 2-1 foi apontado por Miguel Vítor, o jogador que antes tinha cometido a grande penalidade que deu origem ao golo insular, com mão na bola. Mas, não foram só alegrias para a equipa de Luís Norton de Matos, que ainda antes do intervalo viu lesionar-se Rui Fonte, contratação deste inverno e que hoje se estreava com o novo emblema.

Ao futebol mais rude do União -- sete cartões amarelos e uma expulsão - respondeu o Benfica com melhor troca de bola, controlando uma vantagem que chegou cedo. O livre cobrado por Miguel Rosa, aos sete minutos, parecia inofensivo, mas acabou por entrar, ao primeiro poste, para desespero de Marcelo. Com essa vantagem escassa se chegou ao intervalo e, após o reatamento, tudo parecia poder mudar, com a grande penalidade que Bruno converteu, após mão de Miguel Vítor (47 minutos).

Volvidos três minutos, o defesa "encarnado" redimiu-se muito bem, finalizando uma jogada confusa na área dos madeirenses e que passou por Mvom. Miguel Rosa, mais uma vez o melhor em campo nos B do Benfica, apontou o melhor golo da tarde, aos 58 minutos, com um grande remate de longe. Ávalos, que já tinha sido sancionado, viu amarelo pela segunda vez e deixou o União a jogar com 10, a partir dos 63 minutos.

Com o União a decair, consciente da inevitável derrota, o Benfica ainda teve tempo para chegar ao 4-1, aos 68 minutos: golo de Raphael Guzzo, assistido por Miguel Vítor. Vitória "gorda" e fácil do Benfica, que vale a subida ao oitavo lugar da prova, perante uma equipa da Madeira que não merecia perder por tantos.

Jogo no Estádio da Luz, em Lisboa.

Benfica B - União da Madeira, 4-1.
Ao intervalo:
1-0.

Marcadores: 1-0, Miguel Rosa, 07 minutos. 1-1, Bruno, 47 (grande penalidade). 2-1, Miguel Vítor, 50. 3-1, Miguel Rosa, 58. 4-1, Raphael Guzzo, 68.

Benfica B: Mika, Mvom, Carlos Ascues (João Nunes, 73), Miguel Vítor, Carole, Luciano Teixeira (João Mário, 73), Cafú, Heldér Costa, Miguel Rosa, Raphael Guzzo e Rui Fonte (Deyverson Silva, 44).

Suplentes: Bruno Varela, Leandro Pimenta, Deyverson Silva, João Mário, João Nunes e Bruno Gaspar.

Treinador: Luís Norton de Matos.

União da Madeira: Marcelo, Alex (Hugo Gomes, 69), Kiko, Lucas, Carlos Manuel, Ávalos, Tiago Costa, Bruno, Hugo Morais (Joel, 69), Miguel Fidalgo e Silva (Faria, 35).

Suplentes: Christopher, Rúben, Gleibson, Jhon, Hugo Gomes, Joel e Faria).

Treinador: Predrag Jokanovic

Árbitro: Luís Ferreira (Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Alex (06), Ávalos (17 e 63), Kiko (39), Lucas (60) e Carlos Manuel (80). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Ávalos (63). Assistência: 594 espetadores.

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

M