Record

Estoril-Mafra, 1-4: Lição de eficácia vale goleada na Amoreira

Mafrenses ultrapassam estorilistas na classificação

O Mafra impôs este domingo uma goleada ao Estoril, ao vencer na Amoreira por 4-1, em jogo da quinta jornada da 2.ª Liga, que consumou a ultrapassagem dos mafrenses aos estorilistas na classificação.

O reencontro do treinador Luís Freire com o Mafra, que ajudou a subir do Campeonato Portugal, revelou-se demasiado amargo. Os anfitriões até dominaram a maior parte do jogo, mas foram traídos pela falta de eficácia e pelo desacerto defensivo.

Com um início mais pressionante, o Estoril ameaçou abrir o ativo por Roberto e João Vigário, mas estes foram os primeiros sinais da falta de pontaria que se prolongaria pelo resto da tarde. Alheio a isso, o Mafra soube reequilibrar e foi já com o jogo mais dividido -- ainda que nem sempre bem jogado -- que encontrou o caminho do golo.

Foi então que o extremo Harramiz -- que esteve em três dos quatro golos - assumiu o protagonismo do jogo. Aos 34 minutos, Tanque fez o golo na recarga a uma defesa incompleta de Thierry, após remate do extremo, que oito minutos depois ofereceria mesmo o golo a Bruno. Uma vantagem segura de dois golos que o Estoril ainda conseguiu atenuar antes do intervalo, por Aylton, aos 44.

Com o 1-2 no marcador, adivinhava-se a reação do Estoril. Os minutos seguintes confirmaram essa previsão, com a equipa a remeter o Mafra à sua defesa. O empate esteve perto, aos 54 minutos, mas João Vigário desperdiçou uma grande penalidade. Contudo, o falhanço nem quebrou o esforço estorilista, que continuou a pressionar e a falhar ocasiões de golo.

Todavia, do outro lado estava uma formação que fez do calculismo e da eficácia os seus pilares. Ato contínuo, o Mafra acabou em dois minutos com as esperanças estorilistas: os golos de Rui Pereira (79) e Flávio (80) ditaram uma goleada por 4-1. Com este resultado, o Mafra subiu ao quarto lugar, com 10 pontos, enquanto o Estoril caiu para quinto, com nove.

Jogo no Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira.

Estoril Praia -- CD Mafra, 1-4.

Ao intervalo: 1-2.

Marcador:

0-1, Vinicius Tanque, 34 minutos.

0-2, Bruno, 42.

1-2, Aylton, 44.

1-3, Rui Pereira, 79.

1-4, Flávio, 80.

Equipas:

- Estoril Praia: Thierry Graça, Pedro Queirós, João Pedro, João Gomes, João Vigário, Gonçalo Santos (Wallyson, 55), João Patrão (Kléber, 74), Filipe Soares, Aylton (Sandro Lima, 66), Roberto e Dadashov.

(Suplentes: Igor, Diney, Wallyson, Matheus, Gustavo Costa, Sandro Lima e Kléber).

Treinador: Luís Freire.

- Mafra: Godinho, Rúben Freitas, Gui, Juary, Gui Ferreira, Harramiz (Mauro Antunes, 85), Cuca, Rui Pereira, Pedro Ferreira, Vinicius Tanque (Flávio, 69) e Bruno (Ruca, 77).

(Suplentes: Janota, Ministro, Flávio, Mauro Antunes, Alisson, Ventosa e Ruca).

Treinador: Filipe Martins.

Árbitro: Iancu Vasilica (AF Vila Real).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Patrão (56), Cuca (74), Dadashov (84), Juary (84) e João Pedro (85).

Assistência: 1.012 espetadores.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas