Record

FC Porto B-Arouca, 2-0: Azuis atrasam subida

zé antónio e vion marcaram

FC Porto B-Arouca, 2-0: Azuis atrasam subida
FC Porto B-Arouca, 2-0: Azuis atrasam subida • Foto: MANUEL ARAÚJO

O FC Porto B bateu este domingo em casa o Arouca por 2-0, com golos de Zé António (68) e Vion (80), num jogo da 34ª jornada da 2.ª Liga.

O Arouca sofreu assim a sétima derrota fora de casa, atrasou-se na corrida pela subida de divisão e tem agora o Leixões, que hoje ganhou, à distância de dois pontos. Mas o conjunto arouquês, por outro lado, tem menos um jogo realizado do que os leixonenses.

O Arouca chegou a esta jornada com o segundo ataque mais realizador da prova, com 52 golos marcados, e por isso esperava-se mais do que aquilo que mostrou frente aos B portistas, insuficiente para uma equipa com as suas ambições.

A equipa ressentiu-se da ausência, por lesão, do brasileiro Joeano, o homem-golo da equipa e desta prova, tendo 21 tentos apontados. Clemente, o seu substituto, lutou muito, mas os resultados foram nulos.

Na primeira parte, o equilíbrio foi a nota dominante e as duas equipas revelaram deficiências similares na finalização, desaproveitando situações que, com maior inspiração, podiam ter dado golos.

Alguns minutos antes, refira-se, a equipa treinada por Vítor Oliveira reclamou um golo, após remate de André Claro e defesa incompleta de Stefanovic. Zé António, porém, terá conseguido aliviar.

Na segunda parte, a equipa treinada por Vítor Oliveira reclamou um golo, após remate de André Claro e defesa incompleta de Stefanovic (51). Qual pronto-socorro, porém, Zé António terá evitado que a bola ultrapassasse por completo a linha fatal.

Pouco agressivo, o Arouca revelou sempre muitas dificuldades para conter o futebol portista, feito de muita circulação e de uma boa movimentação coletiva.

Mas foi devido a um lance aéreo, capítulo em que o Arouca também falhou quase sempre, que o FC Porto marcou. Na sequência de um canto, Zé António antecipou-se à defesa contrária e, de cabeça, fez o 1-0 e ofereceu o golo a Pedro Moreira, que já não deve jogar mais esta época devido a uma lesão grave num joelho.

O Arouca reagiu, Miguel Oliveira falhou o empate por muito pouco (72) e o lateral portista David Bruno fez um corte providencial, tirando a Roberto Rodrigo a possibilidade de fazer o 1-1.

O Arouca acordou tarde e, aos 80 minutos, Vion "matou" o jogo fazendo o 2-0 final. Foi um lance de pura inspiração individual do atacante francês do FC Porto, que ultrapassou dois adversários e o guarda-redes Sérgio Andrade e atirou para a baliza deserta.

FC Porto B - Arouca, 2-0

Jogo no Estádio Municipal Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia

Ao intervalo: 0-0

Marcadores:

1-0, Zé António, 68 minutos.

2-0, Vion, 80.

FC Porto B: Stefanovic, David Bruno, Tiago Ferreira, Zé António, Victor Luís, Mikel, Edú (Sérgio Oliveira, 77), Michael, Tozé (Guilherme Lopes, 90+2), Vion (Fábio Martins, 88) e Caballero.

(Suplentes: Elói, Fábio Martins, Digo Mateus, Sérgio Oliveira, Ricardinho e Guilherme Lopes).

Treinador: Rui Gomes.

Arouca: Sérgio Andrade, Daniel Coelho, Pedro Oliveira, Michael Figueiredo, João Vicente, Gabriel Couto (Laurindo, 73), William Silva, André Claro (Roberto Rodrigo, 66), Kovacevic, Luís Pinto (Hugo Monteiro, 77) e Clemente Raimundo.

(Suplentes: Ricardo Silva, Rui Gomes, Roberto Rodrigo, Hugo Monteiro, Idrissa Mandiang, Zarabi e Laurindo).

Treinador: Vitor Oliveira.

Árbitro: João Capela (Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para João Vicente (61), William Silva (83) e Tiago Ferreira (90).

Assistência: 470 espetadores.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

M