Mafra-Penafiel, 1-0: Zé Tiago marcou de penálti e fez a diferença

Equipa de Vasco Seabra não desarma na luta pela subida

• Foto: David Cabral Santos

O Mafra recebeu e venceu o Penafiel por 1-0, este domingo, em jogo da 22.ª jornada da 2ª Liga decidido num penálti convertida por Zé Tiago, que mantém o Mafra no terceiro lugar da classificação.

Com este resultado, o Mafra soma 39 pontos, mantém a pressão sobre os líderes Farense e Nacional e continua na luta por uma vaga na Liga NOS. O Penafiel saiu de Mafra com os mesmos 27 pontos e somou o sexto jogo consecutivo sem vencer.

Depois de nos primeiros minutos as equipas terem arriscado pouco, tentando antes perceber a abordagem do adversário ao jogo, o primeiro lance de algum perigo acabou por resultar no primeiro golo do Mafra.

Num lance pela esquerda, Joel bateu para a área e o central do Penafiel acabou por tocar a bola com a mão, levando Tiago Martins a assinalar penálti. Na conversão, aos 18 minutos, Zé Tiago mostrou eficácia e inaugurou o marcador.

Acusando o golo, a equipa do Penafiel passou a tomar conta da iniciativa de jogo, ocupou o meio-campo do Mafra, mas ainda assim sem incomodar João Godinho na baliza, que teve uns primeiros 45 minutos muito descansados.

Quase a contraponto, o Penafiel entrou pressionante na segunda parte e, logo aos 47', colocou o guarda-redes do Mafra à prova. Ronaldo rematou colocado, mas o melhor guarda-redes da II Liga em janeiro esteve à altura.

O lance teve o condão de 'acordar' o Mafra, que parecia adormecido na vantagem conquistada no primeiro tempo e, aos 60, Paul Ayongo podia ter ampliado o resultado para a equipa de Vasco Seabra, mas a eternidade que demorou a dominar e a armar o remate permitiu à defesa penafidelense cortar o lance.

Aos 66, Lucas Silva marcou mesmo para o Mafra mas, quando já se fazia a festa nas bancadas, Tiago Martins invalidou o lance por indicação de fora de jogo dada pelo árbitro assistente.

Com o Penafiel balanceado no ataque à procura do empate, o Mafra passou a explorar o espaço nas costas da defesa e, já nos minutos finais, a equipa de Vasco Seabra desperdiçou a melhor oportunidade da segunda parte, num lance de superioridade numérica em que o último passe ficou curto, levando ao desespero Rui Gomes, que já cheirava o 2-0.

Aos 87, o Penafiel festejou também o golo, mas novamente o lance acabou anulado pela equipa de arbitragem. João Godinho já tinha sido batido, mas Tiago Martins descortinou um toque com a mão do jogador do Penafiel e assinalou a infração que manteve o Mafra na frente do marcador até final do encontro.

Jogo no Estádio Municipal de Mafra.

Mafra - Penafiel, 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcador:

1-0, Zé Tiago, 18 minutos (penálti).

Equipas:

- Mafra: Godinho, Rúben Freitas, Juary, João Miguel, Joel, Nuno Rodrigues (Barrera, 89'), Tavares, Franco, Lucas Silva (Rui Gomes, 78'), Zé Tiago e Paul Ayongo (Areias, 64').

Suplentes: Chastre, Barrera, Areias, Rui Gomes, Gui Ferreira, Miguel Lourenço e Cazonatti.

Treinador: Vasco Seabra.

- Penafiel: Luís Ribeiro, Pedro Lemos, Filipe Macedo, João Paulo, Paulo Henrique, Rafa Sousa (Kalica, 85'), Gleison, Romeu Ribeiro, Capela (Pires, 64'), Miguel Tavares (Ludovic, 46') e Ronaldo.

Suplentes: Leo, Vini, Leandro, Ludovic, Pires, Kalica e Jeferson.

Treinador: Miguel Leal.

Árbitro: Tiago Martins (AF Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para João Paulo (28'), Franco (29'), Lucas Silva (63'), Tavares (65'), Juary (67'), Rúben Freitas (82') e Macedo (83').

Assistência: cerca de 800 espetadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.