Oliveirense-Ac. Viseu, 2-0: terceiro triunfo consecutivo vale subida na tabela

Formação de Oliveira de Azeméis fecha ano em grande forma

• Foto: Hugo Monteiro

A Oliveirense conquistou este domingo a terceira vitória consecutiva, ao vencer o Ac. Viseu 2-0, em jogo em atraso da 11.ª jornada da Segunda Liga, numa partida marcada pela expulsão do guarda-redes Ricardo Fernandes.

Os locais inauguraram o marcador logo aos cinco minutos, por Fabinho, tendo os forasteiros entrado determinados a inverter o rumo dos acontecimentos no segundo tempo, mas a expulsão do guardião dificultou a tarefa, enquanto os locais carimbaram a vitória numa grande penalidade, conquistada e cobrada por Cephas Malele, aos 90'+5.

A Oliveirense até podia ter marcado mais cedo, logo aos dois minutos, num cabeceamento de Bouldini que atingiu a trave da baliza de Ricardo Fernandes, o guarda-redes que nada pôde fazer quando Fabinho encontrou espaço fora da área e rematou colocado para inaugurar o marcador.

Num primeiro tempo equilibrado, mas com poucas oportunidades, houve ainda destaque para um forte remate de Diogo Santos para uma boa defesa de Coelho e, já perto do intervalo, Mathaus saltou sozinho dentro da área e cabeceou uma grande defesa do guardião.

No regresso dos balneários, a formação viseense entrou com maior caudal ofensivo e, depois de uma boa jogada coletiva, Luisinho rematou de ângulo apertado para nova intervenção de Coelho.

Os locais acertaram marcações e voltaram a estar por cima do jogo, com hipóteses de aumentar a vantagem, mas primeiro Sérgio Ribeiro falhou o esférico com a baliza deserta e, pouco depois, Bouldini seguiu isolado e picou à saída de Ricardo Fernandes, mas a bola saiu ao lado do poste.

Logo a seguir, os mesmos dois protagonistas disputaram uma bola perdida fora da área, com o avançado a chegar primeiro e o guardião a falhar a bola e a acertar no adversário, ação que lhe valeu o cartão vermelho direto. Na cobrança do livre, Fabinho atirou ao poste.

Com superioridade numérica, a Oliveirense foi controlando a partida e criando oportunidades, numa delas o recém-entrado Cephas Malele, servido por Bouldini, tinha tudo para fazer o golo, mas rematou enrolado e acertou no ferro.

No último lance da partida, Malele arrancou ainda atrás do meio campo até a baliza adversária, sendo derrubado por Lucas Silva dentro da área. Chamado a converter o suíço enganou Janota e 'carimbou' a terceira vitória consecutiva dos oliveirenses.

Jogo realizado no Estádio Carlos Osório, em Oliveira de Azeméis.

Oliveirense-Ac. Viseu: 2-0

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:
1-0, Fabinho, 5'
2-0, Cephas Malele, 90'+5 (grande penalidade).

Equipas:

- Oliveirense: Coelho, Alemão, Michael Douglas, Sérgio Silva, Leandro Silva, Filipe Gonçalves, Fabinho, Oliveira (Paraíba, 58'), Agdon, Bouldini (Neto Costa, 86') e Sérgio Ribeiro (Cephas Malele, 76').

(Suplentes: Bruno Vale, Elízio, Marcos Júnior, Diogo Clemente, Paraíba, Neto Costa e Cephas Malele).

Treinador: Pedro Miguel.

- Ac. Viseu: Ricardo Fernandes, Tiago Almeida, Pica, Mathaus, Lucas, Zimbabwe, Diogo Santos (Janota, 70'), João Oliveira (Carter, 76'), Luisinho (Latyr, 73'), Jean Patric e João Mário.

(Suplentes: Janota, Edgar Abreu, Carter, Bruninho, Fernando Ferreira, Latyr e Steven Pereira).

Treinador: Rui Borges.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Diogo Santos (29'), Oliveira (49'), Zimbabwe (65'), Sérgio Ribeiro (73'), Neto Costa (90'+1) e Filipe Gonçalves (90'+4). Cartão vermelho direto para Ricardo Fernandes (68').

Assistência: cerca de 1.300 espetadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.