Record

Penafiel-Estoril, 3-1: Manoel bisa num jogo com 4 expulsões

Durienses alcançam 3.º posto à condição

Penafiel-Estoril, 3-1
Penafiel-Estoril, 3-1

O Penafiel venceu este domingo o Estoril por 3-1, num encontro da sexta jornada da Liga Orangina que ficou marcado pelos quatro cartões vermelhos mostrados pelo árbitro Cosme Machado.

Os forasteiros acabaram com oito, face às expulsões de Bruno Andrade (15), Tiago Gomes (54) e Steven Vitória (89), o que os locais, que acabaram com 10 (Guedes foi expulso aos 64), aproveitaram para selar o primeiro triunfo caseiro.

Os penafidelenses assumiram desde cedo o controlo da partida e a sua tarefa ficou ainda mais simplificada a partir dos 15 minutos, altura em que Bruno Andrade viu cartão vermelho direto, por carregar um adversário isolado.

Os comandados de Francisco Chaló ameaçaram uma primeira vez por Aldair e, aos 23 minutos, chegaram ao golo, por intermédio de Manoel. Dias cruzou para a área e o avançado, de cabeça, encostou para o fundo da baliza adversária.

O Estoril, a jogar com menos um, teve o primeiro lance de perigo aos 32 minutos, com Carlos Eduardo a centrar para a área e Steven Vitória a desviar de cabeça para a defesa de Vítor Golas.

O golo do empate chegou aos 40 minutos, através de um livre apontado por Tiago Gomes, mas a igualdade, que se manteve até ao intervalo, não espelhava aquilo que se passou em campo, era injusto para um Penafiel dominador.

Na segunda parte, intensificou-se a superioridade do conjunto da casa e a organização e persistência da equipa acabou por dar frutos.

Aos 54 minutos, Tiago Gomes trava Dias dentro da área e viu o segundo amarelo e consequente vermelho. Na transformação da grande penalidade, Manoel não falhou.

O Penafiel ainda apanhou um sustou, quando, aos 64 minutos, Guedes, que havia entrado ao intervalo para substituir Rafa, viu o segundo amarelo e foi expulso.

Mas, o golo que descansou o Penafiel chegou dois minutos depois, por intermédio de Aldair. O avançado, de 19 anos, rematou de fora da área, fez um chapéu a Vagner e aumentou a vantagem penafidelense.

Ainda antes do final, e com o resultado já praticamente desenhado, Steven Vitória viu cartão vermelho, por alegada agressão (pisadela a um adversário), fazendo o Estoril terminar a partida com apenas oito jogadores.

Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel

Penafiel -- Estoril, 3-1

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Manoel, 23 minutos.

1-1, Tiago Gomes, 40'.

2-1, Manoel, 55' (g.p).

3-1, Aldair, 66'.

Equipas:

Penafiel: Vítor Golas; Dias, Allyson, Paulo Oliveira e Elízio; Ruben, Rafa (Guedes, 46) e Pedrinha; Coronas (Luís Carlos, 67), Manoel (Jesus, 76) e Aldair.

Suplentes: Tiago, Valdemar, Hélder Ferreira, Guedes, Luís Carlos e Diogo Viana e Jesus.

Estoril: Vagner; Anderson Luís, Bruno Vitória, Steven Vitória e Tiago Gomes; Diogo Amado, Gonçalo, Rodrigo Dantas (Bruno de Paula, 68) e Carlos Eduardo (Lameirão, 43); Licá e Adilson (Tinoco, 56).

Suplentes: Ernesto, Lameirão, Moreira, Bruno de Paula, Bruno Fogaça, Alex Hauw e Tinoco.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

M