André Geraldes chamou "toupeiras do c..." aos adeptos do Benfica e apanhou um mês

CEO do Farense novamente castigado, na sequência do jogo no Seixal com a equipa B dos encarnados

• Foto: Miguel Barreira

O CEO da SAD do Farense, André Geraldes, apanhou um mês de castigo e terá de pagar uma multa de 1785 euros por insultos aos adeptos, jogadores e restante staff do Benfica num encontro entre a equipa algarvia e a formação B dos encarnados referente à 2.ª Liga, no início do mês, no Seixal. De acordo com o mapa de castigos divulgado pela FPF, Geraldes, ao sair do relvado após o encontro, "dirigiu vários impropérios e provocações para a bancada onde se encontravam os adeptos do Benfica B a assobiar, tais como 'filhos da p...', toupeiras do c...', 'cab...', 'toupeiras', enquanto colocava a sua mão junto à sua boca."

Segundo o documento divulgado pela FPF, Geraldes "encontrava-se bastante alterado face à atuação da equipa de arbitragem na partida". De acordo com o relatório do Delegado da LPFP e o relatório de policiamento, o dirigente do Farense "não entrou de imediato no balneário afeto ao seu clube, permanecendo junto a este continuando com a mesma conduta de provocações e insultos mas agora dirigidos aos jogadores e restante staff da equipa do Benfica B."

Recorde-se que o CEO da SAD do Farense já tinha sido castigado durante 16 dias em fevereiro, pela forma como contestou uma decisão de Fábio Veríssimo numa partida com o Leixões.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Farense

Notícias

Notícias Mais Vistas