José Augusto Faria reage às críticas: «Nunca fui machista»

Treinador dos sub-23 do Leixões deixou uma longa publicação nas redes sociais

Dias depois da polémica que envolveu o final do jogo entre os sub-23 do Estoril e do Leixões, que consagrou os canários como campeões da Liga Revelação, José Augusto Faria, treinador dos matosinhenses, deixou uma longa publicação nas redes sociais a defender-se das críticas de que tem sido alvo e reforçando que não é machista.

"Dois dias após ser atacado ferozmente, expresso publicamente a minha indignação por as pessoas que me acusam sem sequer me conhecerem. Nunca, em momento algum, fui machista ou contra as mulheres no futebol. Disse "homens do futebol" como podia dizer "pessoas do futebol". Se por acaso alguém se sentiu ofendido por ter levado a letra as minhas palavras a essas pessoas peço desculpa. Desculpa apenas por terem entendido mal a mensagem que queria passar apenas e só isso!!! Todos, sem exceção, têm o direito de pertencer ao fenómeno chamado futebol, que todos amamos.
Sou um daqueles que não compreende como é possível que haja uma classificação feminina à parte no que diz respeito a arbitragem... Ou até mesmo como é que a Marta ganha 100 vezes menos que o Neymar, o Messi ou o Cristiano...
As Martas, as Sandras, as Killian Elllis, as Marias são as "pessoas" do futebol.
Sou uma pessoa de bem, agradeço aos meus pais e tenho muito orgulho na educação que me deram, condeno o machismo, o racismo, o xenofobismo entre muitas outras coisas.
Infelizmente o mal não está nas palavras que dizemos... mas sim na interpretação que lhes damos!!!
Tenho uma filha, que muito amo, e gostaria de coração que ela estivesse ligada ao futebol (prefere o atletismo). A minha mãe pertenceu inúmeros anos a uma equipa de futebol e muitas amigas minhas também o fazem. Respeito, como sempre respeitei, as mulheres em determinadas áreas. Só não admito que, de forma sucessiva, denigram o meu trabalho e dos meus jogadores por gostarem mais de uma ou outra equipa. O Leixões SC faz no dia 28 de Novembro 114 anos é sócio fundador da maior associação de futebol do pais e tal como todos os clubes merece respeito...sem clubes não existe futebol!!!", podia ler-se nas redes sociais do treinador.

José Augusto Faria fez ainda questão de partilhar uma mensagem que enviou ao jornalista Pedro Sousa, diretor do Canal 11, na qual explicou o impacto que a situação teve na vida dos seus filhos:

"A Maria é uma criança ainda... Tem 13 anos que hoje veio a chorar da escola porque os colegas gozaram com ela devido aquilo que os colegas falaram sobre uma notícia que envolvia o José Faria empolada por ti e pelo excelentíssimo canal 11.
Depois existe o Zé... os colegas apelidam de Zezinho, como diria o meu amigo e saudoso mister Vítor Oliveira (um senhor do futebol onde também existem senhoras)
Ele tem uma canhota que faz lembrar o Futre no entanto ainda tem só 11 anos e tem dificuldade em manter os apoios estáveis, passa a vida a fazer cortes de carrinho como diria o mister Tony... O Zé tem aulas de manhã, a Maria à tarde. Hoje, após a Maria chegar a casa, pela primeira vez desde que começou a jogar futebol, o Zé não quis participar no treino via zoom por vergonha. Sei que não vos faz mossa e sou um gajo porreiro que levo as coisas na boa como é a malta (atenção homens e mulheres) da bola como por exemplo o Nanu e a Dolores.
O que eu te queria dizer Pedro é o seguinte... Eu, tu, as Sofias, os Josés e as Marias sabem perfeitamente que NUNCA em momento algum o meu comentário foi machista!
A Maria faz atletismo, mas até podia fazer voleibol, golf, futebol ou ballet, podia fazer o que quisesse desde que continue a ser a boa menina que é e a ter as boas notas que tem na escola. (...) Pedro, esperava mais muito mais. Esquece lá as desculpas, eu só quero que eles amanhã queiram ir para a escola...".

Por Diogo Matos
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Leixões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.