Leixões defende José Augusto Faria: «Não podemos calar a revolta pelo assassinato de carácter que lhe estão a fazer»

Clube emite comunicado na sequência das afirmações do treinador após jogo com o Estoril

O Leixões emitiu um comunicado em defesa de José Augusto Faria, que ontem no final do jogo com o Estoril disse "o futebol tem de ser dos homens do futebol", criticando uma das comentadoras do Canal 11.

"Em defesa da honra e bom nome de José Faria, não podemos calar a revolta pelo assassinato de carácter que estão a fazer a alguém que em nada proferiu qualquer insulto machista. Quando José Faria falou em "Homens do futebol", na conferência de imprensa após o jogo com o Estoril Praia, abordou todo o universo do futebol. Todos, Homens e Mulheres. Sem exceção. Nós, Leixões, orgulhamo-nos de ter várias Mulheres na nossa estrutura e sermos um clube de igualdade de género. Somos um clube inclusivo. Das mães, das filhas, das irmãs. Das Sereias do Mar", pode ler-se em comunicado.

Este comunicado surge na sequência das palavras do treinador após a derrota no Estoril que tanta polémica criaram.

"Antes deste jogo, recebemos uma mensagem especial de um ex-capitão, o Zé António, que infelizmente está a passar uma fase menos boa, que a cada dia se vai superando. Em seguida tive mais alguns comentários, de alguns jogadores importantes para o clube, demasiado Leixões junto... E curiosamente há um deles que vocês que andam no futebol... Que há pessoas que não andam no futebol, que pensam que andam... As Sofias desta vida têm de aprender muito para andar no futebol, porque o futebol tem de ser dos homens do futebol. Esse senhor, apelidado de Bock, uma máquina de fazer golos, na altura em que o futebol era bonito de se ver, que em meia oportunidade fazia dois golos, hoje teve um comentário e depois ligou-me. E houve uma célebre frase dele 'eu fui melhor marcador da Segunda Liga, marcava muitos golos. Nunca joguei num grande, mas joguei no Leixões'. Tenho 34 anos, estou a começar a minha carreira, posso até não chegar a um grande, mas tenho um orgulho tremendo de dizer que já treinei um clube enorme que o Leixões", declarou José Faria.

Empurrões, tentativas de agressão e muitos nervos: título do Estoril na Liga Revelação ficou manchado

5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Leixões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.