AD Fafe contesta decisão da FPF

Clube assume que a decisão da FPF de não realizar um play-off de subida à 2.ª Liga terá "consequências trágicas" para o clube

• Foto: AD Fafe

A Associação Desportiva de Fafe, que seguia no 2.º lugar na zona norte do Campeonato de Portugal, assume que a decisão da Federação Portuguesa de Futebol de não realizar um play-off de subida à 2.ª Liga terá "consequências trágicas" para o clube.

"É com grande pesar e indignação que a administração da Associação Desportiva de Fafe, Futebol, SAD, vem dar conhecimento aos sócios do clube e demais comunidade que a Federação Portuguesa de Futebol determinou que não se realizarão os 6 jogos dos play-offs no Campeonato de Portugal, limitando-se a ordenar a subida automática à 2.ª Liga do Futebol Clube de Vizela e do Futebol Clube do Arouca", começa por enunciar o comunicado dos fafenses, onde se poder ler ainda: "Em contrapartida, a mesma Federação permitiu a realização dos 90 jogos da 1.ª Liga. Estas decisões têm consequências trágicas para a nossa Associação e outras similares."

A administração da SAD do Fafe adianta que "a quarentena, necessária porque a saúde está em primeiro lugar, privou-nos de praticamente todas as receitas que nos permitem sobreviver. Têm sido tempos de muita angústia e aflição, para honrarmos os nossos compromissos e salvarmos empregos. Ciente disso, a Federação garantiu-nos, caso viessem a se disputar jogos das ligas profissionais, que os play-offs seriam jogados, pois eram apenas 6 jogos e poderiam ser realizados em condições de segurança. Era a nossa esperança, até porque estávamos em 2.º lugar e muito lutámos para lá chegar! Esses 6 jogos foram proibidos, mas os 90 jogos da 1.ª Liga vão acontecer! Embora tenhamos respeito por esses clubes e lhes desejemos prosperidade, sabemos que têm uma viabilidade económica que para nós é impossível. Claro que movimentam receitas e interesses importantes, como os direitos de transmissão televisiva, mas se não põem em perigo a saúde pública e podem ser realizados, porque não os 6 jogos do Campeonato de Portugal?! Porque somos pequenos? Porque vivemos em localidades mais pequenas? A dignidade das associações e dos seus sócios vale menos por isso?!"

Os fafenses preconizam que no futuro será no Campeonato de Portugal que "um maior número de clubes irá desistir de participar no próximo ano. Serão os clubes e os jogadores deste campeonato que mais irão sofrer. Expressámos o nosso repúdio à Federação, pois é tudo o que podemos fazer. Explicámos que não se trata de ego ferido, mas sim de desespero pela terrível situação em que nos encontramos, sem vermos tão cedo melhores dias. Tudo inútil, neste momento não somos nada, nem importamos nada. Estamos sozinhos."

Por último, deixam um apelo "aos nossos patrocinadores e aos nossos sócios. Qualquer contribuição, seja através do pagamento de quotas ou de qualquer outra forma, é uma ajuda preciosa. Foram vocês que permitiram à Associação equilibrar as contas e estabilizar a todos os níveis. Nós continuamos a lutar todos os dias, de todas as maneiras, mas o vosso auxílio neste momento tão difícil é imprescindível. Agradecemo-lo desde já!"

Por Bruno Freitas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas