O nosso website armazena cookies no seu equipamento que são utilizados para assegurar funcionalidades que lhe permitem uma melhor experiência de navegação e utilização. Ao prosseguir com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a Politica de Cookies Cofina

Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Rui Amorim e a subida da U. Leiria: «Só faremos a barba com o objetivo concluído»

Treinador diz que falta dar "um pequeno passo"

Rui Amorim
• Foto: Nuno Abreu
A União de Leiria está preparada para ultrapassar o Mafra na meia-final do Campeonato de Portugal de futebol e subir à 2ª Liga, garante o treinador Rui Amorim, assumindo faltar "um pequeno passo" para concretizar o objetivo da época.

Há quatro épocas a tentar regressar aos campeonatos profissionais de futebol, em Leiria acredita-se que é desta.

"O objetivo tem sido esse ao longo destes últimos anos e não tem sido alcançado. Neste momento estamos a um pequeno passo de o poder concretizar", diz o treinador da equipa, que admite "enorme satisfação" por disputar a subida.

"Temos trabalhado muito para viver estes momentos", reconheceu Rui Amorim, lembrando que a União de Leiria trabalha "desde meados de julho" com o pensamento na promoção.

O treinador assinalou que "a maior parte das equipas estão de férias", mas que a União cá continua, na tentativa de alcançar um sonho, mas para isso têm de ultrapassar o Mafra, numa eliminatória a duas mãos, e chegar à final do campeonato de Portugal.

"Não me surpreende nada que o Mafra esteja na meia-final. Nota-se que há trabalho e que sabem o que fazem. Vão estar frente a frente duas das melhores equipas do campeonato", afirmou o treinador.

O primeiro jogo será em Mafra, onde a equipa da casa ainda não perdeu esta época: "é muito forte, mas o Leiria também não perdeu jogos em casa e na segunda mão vamos jogar perante os nossos adeptos, na nossa cidade", frisa.

Como argumento para ultrapassar o adversário, Rui Amorim apresenta o momento atual da União de Leiria, superada que foi uma fase menos boa, em novembro, período após o qual considera que a equipa "cresceu muito".

"Neste momento estamos num crescendo. Não olhamos tanto ao aspeto estético do jogo, mas somos mais práticos e eficazes", justificou.

Entusiasmado com apoio dos adeptos em Leiria - "disseram que iam estar cinco mil pessoas no último jogo; ninguém acreditou e estiveram mais de seis mil" -, Rui Amorim revelou que há promessas a cumprir caso a União suba à 2ª Liga.

"Só faremos a barba - a equipa técnica e o diretor desportivo - com o objetivo concluído", disse, acrescentando que "alguns elementos da equipa técnica e alguns jogadores vão a Fátima a pé".

A primeira mão da meia-final do Campeonato de Portugal entre Mafra e União de Leiria disputa-se no sábado. A segunda mão, em Leiria, está agendada para 27 de maio.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M