A 3.ª Liga em 10 perguntas e respostas: explicador essencial para perceber a nova prova

Mais recente divisão do futebol português ao detalhe e o que acontece ao Campeonato de Portugal

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) apresentou esta quarta-feira um megaplano de intervenção no Campeonato de Portugal que passará a ser o 4.º escalão do futebol nacional, uma vez que, na época de 2021/22, irá avançar a criação de uma 3.ª Liga, que servirá de acesso à LigaPro. Neste explicador, tem perguntas e respostas essenciais para perceber o que vai mudar.

1) O que é a 3ª Liga?


A 3.ª Liga é mais uma divisão e, tal como o próprio nome indica, será o terceiro escalão do futebol nacional, do qual vão sair as duas equipas que ascendem à 2.ª Liga. Este projeto chegou para aproximar o futebol dos adeptos, criar mais competitividade e qualidade de jogo de modo a que as equipas que subam de divisão estejam preparadas. No primeiro ano será disputado por 24 formações.

2) Quando arranca?

O início da 3.ª Liga está marcado para a temporada 2021/22.

3) É um campeonato profissional?

Não. A 3.ª Liga é uma prova sob a égide da Federação Portuguesa de Futebol, logo é uma competição não profissional.

4) Quais os moldes do Campeonato de Portugal (atual 3.ª divisão e futura 4.ª divisão em 2021/22) na próxima temporada?   

Na próxima temporada, 96 equipas vão participar no Campeonato de Portugal, sendo que serão divididas em oito séries de 12. Os clubes serão: 70 que permanecem da época passada, 20 que subiram dos distritais, quatro novas equipas B e Casa Pia e Cova da Piedade, que foram relegados da 2.ª Liga.

5) Quem sobe à 2.ª Liga?

Neste primeiro ano (2020/21) em que ainda não há 3.ª Liga, dois clubes vão subir do CP para a 2.ª Liga. Os primeiros classificados das oito séries passam para a fase subida, na qual serão divididos em dois grupos de quatro. O primeiro classificado de cada grupo garante a subida de divisão.

6) Quem sobe do CP para a 3.ª Liga?

Diretamente sobem os seis primeiros classificados que não conseguiram o acesso à 2ª Liga. Depois, as equipas que ocuparam entre o 2º e 5º lugares das respetivas séries vão voltar a jogar entre si, num total de oito grupos de quatro equipas. Os dois primeiros classificados deste grupo sobem à 3ª Liga. Ficam assim definidas 22 formações, as restantes duas são as que descerão da 2ª Liga.

7) Quantas equipas descem aos distritais?

Serão relegados os últimos quatro classificados de cada série, o que faz um total de 32 equipas que descem aos campeonatos distritais.

8) Quanto vão receber os jogadores nestas divisões?

A FPF chegou a acordo com o Sindicato de jogadores e ficou definido que os atletas terão como valor de remuneração base o salário mínimo nacional.

9) Os custos das equipas serão os mesmos?

Não, vão ser muito mais reduzidos, desde logo porque, sendo um campeonato mais regional, os custos das deslocações nunca serão tão elevados. Por outro lado, a taxa de jogo sofrerá uma redução significativa e haverá ajustes no preço de inscrição de jogadores.

10) Quantas épocas demorará este processo de ajustamento das competições?

Está previsto que sejam três épocas, ou seja, o produto final será a temporada 2023/24. Depois de 2020/21, a 3ª Liga terá 24 participantes e o CP 60; Na época seguinte, a 3ª Liga continuará com 24, enquanto o CP reduz para 56, que será o ideal; por fim, em 2023/24, a 3ª Liga passa a 20 equipas e o CP continua com as 56.

Por Pedro Filipe Pinto
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0