Adriano Facchini: «Quero terminar a carreira em Portugal»

Guardião assume desejo de voltar a um país onde já foi muito feliz

• Foto: Simão Filho

Adriano Facchini está de volta a Portugal e o desejo é continuar em território luso, agora já durante a próxima temporada. Depois de um ano passado na Arábia Saudita e da temporada passada ter estado ao serviço do Giresunspor, o experiente guardião quer regressar ao futebol português.

"O regresso a Portugal é algo que me deixa entusiasmado. Hoje sou pportuguês pelo tempo que estive em Portugal e pela forma como me recebera e trataram, a mim e à minha família. O desejo é voltar. Se pudesse escolher um país para encerrar a carreira seria Portugal. É algo que me move. Ainda tenho mais dois ou três anos para competir e tenho mercado no Chipre, na Arábia e noutros país, mas o desejo é Portugal. Entre jogar e ter mais dinheiro ou vir para Portugal, prefiro ficar em Portugal", apontou, a Record, o guardião que saiu do Aves em 2018, depois da conquista da Taça de Portugal, reiterando a mensagem.

"No próximo ano quero voltar a Portugal. Olhamos e vimos o que fizemos e demos ao futebol e, por vezes, procuramos condições melhores. Mas o futebol já me deu muito e regressar a Portugal é promessa à família", reiterou, explicando as razões pelas quais deseja regressar.

"Tive uma passagem feliz por Portugal. Teve dias menos bons, mas teve muitas alegrias. A chegada a Portugal, no União da Madeira, conseguimos a subida à 2.ª Liga. No Gil Vicente marcou-me muito e fomos à final da Taça da Liga. Fui muito feliz aí. Depois passei pelo Nacional, algo mais complicado, e depois fui para o Aves, numa vila pequena com adeptos enormes, onde conseguimos ficar na 1.ª Liga e vencer a Taça. Quero voltar para conquistar algo mais", apontou.

Até ao momento, Adriano ainda não definiu por onde vai passar a próxima temporada, mas já teve algumas abordagens. "Oficialmente ainda não tenho nada, mas já houve algumas sondagens. Nada certo até agora. Isto atrasou e há clubes que aguardam pela definição da próxima temporada para perceber o que querem fazer. Quando acabar a 1.ª Liga tudo será mais rápido. Há sondagens de 1.ª e 2.ª Liga, mas não adiantámos nada ainda", explicou.

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.