César Boaventura: «Imaginavam eles que estava tudo controlado, mas enganaram-se»

Empresário faz publicação no Facebook a propósito caso dos emails

• Foto: Pedro Ferreira

O empresário César Boaventura, que negou ter sido intermediário do Benfica para o alegado aliciamento de jogadores do Marítimo, fez uma publicação no Facebook a propósito do pirata informático que supostamente acedeu aos emails dos encarnados, garantindo que já sabia o nome do 'hacker'. E deixou uma garantia: "Está no início um processo enorme de contra ataque".

Leia a publicação na íntegra:

"O Burro sou eu???

Já em Julho eu tinha dito que Rui Pinto era um dos autores deste crime dos e-mails.

Hoje aparece um advogado que é do Porto mas que vive em Lisboa a falar em defesa do mesmo...

Mas estes dois não são os únicos envolvidos nestes crimes, não é só um crime de e-mails, mas sim vários crimes que envolve muita gente e até mesmo gente de poder!!!

Imaginavam eles que estava tudo controlado, mas enganaram-se, porque os vendidos, vendidos uma vez, vendidos várias vezes!!!

Até dentro da própria estrutura do clube acusado existem vendidos, que aos poucos estão a ser descobertos.

Como todos imaginam está no início um processo enorme de contra ataque, ou não, diria um processo de limpeza e demonstração de carácter e firmeza onde se vai descobrir afinal quem é bom e quem é mau, o jogo do "rato e do gato"

Eu da minha parte deixo aqui bem vincada a promessa que fiz a todos, já há uns meses, "o melhor está para vir".

Muitos questionam e pedem provas e eu pergunto-lhes se são juizes para terem provas e julgarem. As mesmas são entregues no sítio próprio.

Que o futebol seja limpo, e que a alegria deste desporto volte em Portugal...

A verdade é como o água, e já Jorge Jesus dizia 'limpinho, limpinho, limpinho'"

121
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.