Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

João Paulo Rebelo e os castigos: «É o cumprimento das regras»

Secretário de Estado da Juventude e do Desporto aborda polémica

• Foto: Bruno Teixeira Pires
João Paulo Rebelo, Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, abordou as sanções decretadas a Benfica, Sp. Braga e P. Ferreira, todos castigados com um jogo à porta fechada, frisando ser apenas o cumprimento da lei.

"É essencial que haja o cumprimento da lei no futebol e em todas a modalidades. Queremos a defesa da verdade desportiva.
Se tem faltado coragem? Não… Pode passar-se a ideia de que está a acontecer algo de invulgar ou anormal, mas não acho que seja. Estão a ser cumpridas regras e a serem conhecidas sanções", referiu aos jornalistas, à margem de uma homenagem ao atleta Nélson Évora.

Questionado sobre o timing do anúncio dos castigos, João Paulo Rebelo reiterou a primeira ideia: "Não falo sobre casos concretos, não faz sentido. Genericamente a afirmação é esta: tudo o que contribua para melhor desporto em Portugal tem o Secretário de Estado a defendê-lo. O cumprimento das regras e leis contribui e por isso merece a minha simpatia".

Por fim, o Secretário de Estado foi confrontado com a notícia de Record sobre uma toupeira no IPDJ. João Paulo Rebelo acabou por confessar que aquele organismo precisa de "tranquilidade".

"O IPDJ precisa de tranquilidade depois de o seu nome, lamentavelmente, ter sido posto em causa. O IPDJ tem praticamente 400 trabalhadores, homens e mulheres, que todos os dias dão o seu melhor, a aplicarem as leis e a fazerem tudo como deve ser. Deve ser poupado a histórias e efabulações, que não sei que interesses servem que não sejam pessoais, pequeninos, e que não fazem sentido, dada a grandeza do Instituto", concluiu.
Por André Ferreira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M