Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Contas aprovadas, Pinto da Costa e Villas-Boas cara a cara e ambiente mais calmo: assim foi a AG do FC Porto

Assembleia, que aconteceu duas semanas depois dos confontos na anterior reunião magna, serviu para apreciar e votar as contas de 2022/23

A carregar o vídeo ...
Nova assembleia-Geral do FC Porto: a cronologia do que aconteceu desde as agressões

Ao Minuto

30.11.2023
Terminou a Assembleia Geral: o resumo

As contas individuais e consolidadas do FC Porto foram ontem aprovadas numa Assembleia Geral que contou com a participação de 819 associados. A reunião magna, que se realizou no Dragão Arena, ficou marcada pelo primeiro cara a cara de Pinto da Costa e André Villas-Boas no clima pré-eleitoral que tem marcado o universo azul e branco ao longo das últimas semanas.

O resultado da votação, cuja contabilidade foi feita por filas, ditou que os exercícios da época 2022/23 fossem aprovados com 53 por cento dos votos (434), contabilizando-se 22,8 por cento de votos contra (187) e 24,2 por cento de abstenções (198).

Antes da votação propriamente dita, a noite foi marcada pela intervenção de André Villas-Boas, na qual o antigo técnico traçou um cenário financeiro negro do FC Porto e desafiou a administração da SAD. "Ao contrário de 2011, hoje estamos profundamente afundados em dívidas, temos a maior parte das receitas futuras antecipadas e podemos estar em vias de conceder direito de exploração comercial e respetivas receitas para os próximos 15 anos para uma empresa americana. Não existe visão, nem planeamento, nem modelo de negócio…", disse, antecipando o seu voto, ainda que com uma condição: "Não tenho outra alternativa que não seja manifestar a minha reprovação às contas aqui hoje apresentadas, condicionando a aprovação das mesmas à devolução da remuneração variável recentemente recebida pela atual administração."

Já após os sócios se terem pronunciado, Pinto da Costa usou da palavra, não deixando de visar diretamente vários intervenientes, incluindo AVB: "Ficou provado que o clube é dos sócios. Ao senhor associado Villas-Boas, pela primeira vez na sua vida de portista veio a uma AG. Veio para dizer mal, para propor a recusa das contas sem pensar nos prejuízos que isso trazia para o FC Porto. Espero que reconsidere, que não venha com papéis com os números que lhe põem à frente." Após a intervenção, foram muitos os associados que abandonaram o Dragão Arena.

30.11.2023
O discurso de Pinto da Costa, com 'boca' a Villas-Boas: «Não venha com papéis que lhe metem à frente, diga o que lhe vai na alma»

"Ficou hoje aqui demonstrado que o clube é dos sócios, dos que votam a favor, dos que se absteem e dos que votam contra. O clube é dos sócios. A todos os que vieram aqui hoje, queria cumprimentar e agradecer por esta grande fornada de vitalidade. Naturalmente que ela não vai dar para alimentar as televisões e os jornais, mas embora o Correio da Manhã hoje à tarde tenha avisado que ia acompanhar esta Assembleia de segundo a segundo, de certeza que não vão usar muitos minutos porque não têm com que nada denegrir a imagem do FC Porto.

"Queria agradecer ao Senhor Doutor Luís Pereira a análise que fez e o que nos transmitiu. Ao Senhor Alcino Sousa, que falou da minha idade e que uma perna pede licença à outra, eu devo lhe dizer que, apesar da minha idade, nunca vim a uma Assembleia Geral falar com um papel à frente. Enquanto conseguir andar e a minha perna pedir licença à outra, não sou um boneco de matraquilhos. Ao Senhor Doutor Martins Soares, que foi meu opositor duas vezes nas eleições, que demonstrou sempre um amor ao FC Porto indiscutível (...). Tenho muito orgulho em tê-lo tido como adversário pela sua postura sempre ao serviço do FC Porto. O outro adversário que eu tive nas eleições foi o Senhor Doutor Nuno Lobo, que marcou aqui presença hoje como portista que é, de facto, e mostrou um sentido de estado, digamos assim, um sentido que não é de terra queimada, um sentido de que não quer alimentar as Bolas, os Records, e os Correios da Manhã e absteve-se nesta votação."

"O Senhor Doutor Angelino Ferreira está muito preocupado com o futuro do FC Porto, sempre esteve. Eu lembro-me, lembrar-se-á também, embora tenha dito já que não, que quando eu tive a ideia em boa hora de avançar com o Museu, disse-me que isso era um tufão que ia passar pelo FC Porto e eu respondi-lhe que tufão só conhecia aquele da telenovela que estava a decorrer nessa altura. Ó Fernando Madureira, eu não vi o que o Fernando Moreira disse porque tive que ir lá fora, mas há uma coisa que eu quero aqui dizer publicamente. Cheguei ao FC Porto como presidente porque ao FC Porto, como associado, cheguei há 70 anos e como dirigente sou-o desde 1962. Queria dizer que em todas as alturas, o Fernando Madureira foi um guarda pretoriano do FC Porto. Muitos beneficiaram dessa farda, beneficiaram desse amor ao FC Porto, beneficiaram do apoio que sempre dá às nossas equipas, seja qual for o treinador. Obrigado, Fernando Madureira."

"O Senhor Henrique Ramos, que na última Assembleia involuntariamente participação na confusão que se gerou veio hoje aqui calmamente dizer o que pensa na maior liberdade que todos têm. Aqueles que escrevem que o FC Porto é uma ditadura, eu não sei se eles queriam dizer dentadura, mas dizem ditadura, ele veio hoje aqui provar serenamente que todos podem falar, todos podem criticar e todos podem dizer o que lhes vai na alma."

"Ao Senhor associado Villas-Boas queria em primeiro lugar lhe felicitar porque pela primeira vez na sua vida de portista veio a uma Assembleia Geral. Veio para dizer mal, veio para propor a recusa das contas sem pensar nos prejuízos que isto trazia para o FC Porto. Naturalmente que espero que reconsidere, que não venha com os papéis com números que lhe põem à frente. Sempre que venho à Assembleia Geral, o papel é com números que aqui falaram. Que venha às Assembleias Gerais dizer o que lhe vai na alma, não com os que os outros lhe escrevem no papel para ele vir aqui dizer. Eu não estou em campanha eleitoral, não estou. Tenho muito orgulho em ser presidente do FC Porto em eleições sem ter necessidade de contar com o apoio do Correio da Manhã, da Bola e do Record. Esta é uma medalha de que me orgulho muito e que continuarei a fazer para que cada vez mais eles sejam mais inimigos meus porque é sinal de que eu estou a prestar serviço ao FC Porto.

"Senhor Presidente, muito obrigado pelo seu apoio e a todos vós. Um abraço sincero. Temos de estar todos à volta do clube, à volta do sucesso do FC Porto, à volta e juntos à nossa equipa de futebol e não é com ações destrutivas que se pode ajudar a equipa a conseguir um objetivo importante que vamos ter no dia 13 de dezembro. Nós vamos vencer porque a nossa aposta no campo desportivo foi uma aposta firme e consciente do que somos capazes de fazer. É nisso que vamos prosseguir, é nisso que vamos continuar a trabalhar. É com desprezo total aos Correios da Manhã, às Bolas e aos Records que nós vamos continuar a trabalhar e felizes por não ter o apoio deles. Infelizes seríamos se tivéssemos que contar com eles para fazerem campanha por nós. A todos, o meu muito obrigado."

A carregar o vídeo ...
O discurso de Pinto da Costa, com 'boca' a Villas-Boas: «Não venha com os papéis que lhe metem à frente e diga o que lhe vai na alma»
30.11.2023
Ainda há sócios inscritos para falar mas muita gente já deixou a AG

Muitos sócios vão deixando já o Dragão Arena depois da votação das contas, embora ainda haja sócios inscritos para falar. José Fernando Rio, candidato nas anteriores eleições, foi um dos que já saiu do pavilhão e à saída cumprimentou Nuno Lobo, contra quem concorreu nesse sufrágio.

30.11.2023
Pinto da Costa: «Apesar da minha idade, nunca vim a uma Assembleia Geral falar com um papel à frente»

Pinto da Costa discursou aos sócios no final da Assembleia Geral do FC Porto:

"Ficou hoje aqui demonstrado que o clube é dos sócios, dos que votam a favor, dos que se abstêm e dos que votam contra. O clube é dos sócios. A todos os que vieram aqui hoje, queria cumprimentar e agradecer por esta grande fornada de vitalidade. Naturalmente que ela não vai dar para alimentar as televisões e os jornais, mas embora o Correio da Manhã hoje à tarde tenha avisado que ia acompanhar esta Assembleia de segundo a segundo, de certeza que não vão usar muitos minutos porque não têm com que nada denegrir a imagem do FC Porto.

"Queria agradecer ao Senhor Doutor Luís Pereira a análise que fez e o que nos transmitiu. Ao Senhor Alcino Sousa, que falou da minha idade e que uma perna pede licença à outra, eu devo lhe dizer que, apesar da minha idade, nunca vim a uma Assembleia Geral falar com um papel à frente. Enquanto conseguir andar e a minha perna pedir licença à outra, não sou um boneco de matraquilhos. Ao Senhor Doutor Martins Soares, que foi meu opositor duas vezes nas eleições, que demonstrou sempre um amor ao FC Porto indiscutível (...). Tenho muito orgulho em tê-lo tido como adversário pela sua postura sempre ao serviço do FC Porto. O outro adversário que eu tive nas eleições foi o Senhor Doutor Nuno Lobo, que marcou aqui presença hoje como portista que é, de facto, e mostrou um sentido de estado, digamos assim, um sentido que não é de terra queimada, um sentido de que não quer alimentar as Bolas, os Records, e os Correios da Manhã e absteve-se nesta votação."

(em atualização)

30.11.2023
Pinto da Costa toma a palavra

O presidente fala após a aprovação das contas e deixa já uma fase forte: "Clube é dos sócios, não é dos bancos".

30.11.2023
Contas aprovadas!

Os sócios já votaram as contas da época passada e aprovaram os números apresentados, com 53% dos votos a serem favoráveis.

A favor: 434
Contra: 187
Abstenções: 198

30.11.2023
819 sócios do FC Porto marcam presença na AG do clube esta noite
29.11.2023
Henrique Ramos critica Villas-Boas: «O associado da cadeira de sonho vem hoje pela primeira vez a uma AG do FC Porto...»

Henrique Ramos critica André Villas-Boas durante o seu discurso na Assembleia Geral do FC Porto:

"Eu gostava de fazer questões rápidas para um associado que veio aqui falar. Gostava de saber como é que é esse associado votou em favor de Pinto da Costa, quando o cenário não era pior do que encontramos hoje em dia. Gostava de saber porque é que esse associado, se a situação é assim tão grave… As contas de 2020 eram muito piores do que as que são agora ou então se foi num workshop de uma semana que aprendeu a tabuada. A segunda pergunta, esse associado é portista… é o clube da cadeira de sonho, é associado há mais de 25 anos, e é a primeira vez que vem a uma AG do FC Porto. Não quero dizer mais nada. Só quero pedir uma coisa, todos temos ambições, mas é preciso outra coisa: respeito pelo FC Porto. É preciso unir as pessoas e apresentar mais alguma coisa do que um hashtag?"

A carregar o vídeo ...
Henrique Ramos critica Villas-Boas: «O associado da cadeira de sonho vem hoje pela primeira vez a uma AG do FC Porto...»
29.11.2023
Angelino Ferreira na AG do FC Porto: «A nossa situação financeira é preocupante»

Angelino Ferreira, antigo administrador da SAD com pelouro financeiro, que saiu da administração em fevereiro de 2014, também fez um longo discurso na AG do FC Porto.

A carregar o vídeo ...
Angelino Ferreira na AG do FC Porto: «A nossa situação financeira é preocupante»
29.11.2023
Fernando Madureira na AG do FC Porto: «Villas-Boas disse que enquanto o presidente for vivo deve liderar o clube»

Fernando Madureira na AG do FC Porto:

"Em primeiro lugar quero dizer-vos que estou com esta cara porque estou extremamente cansado, aterrei eram 20:05 no nosso aeroporto, chegámos de Barcelona quase sem dormir. São ossos de ofício. Estou mais triste por não ter ganho o campeonato do que com este saldo negativo. Dizer também que apesar de ter licenciatura e mestrado em gestão de desporto, não vou falar de contas, não me vou meter na área do doutor Fernando Gomes e do doutor Angelino Ferreira, que são dois especialistas na matéria. Por falar em citações, o ex-treinador André falou numa de 2011 e eu vou falar numa citação ao jornal de notícias de 19/02/2019. ‘Enquanto o presidente for vivo deve liderar’.

Perguntar se o nosso sócio e ex-treinador, que disse que se devolvessem os prémios não votaria contra estas contas, queria perguntar ao doutor Fernando Gomes se sem esses prémios que vocês receberam as contas passavam de negativas a positivas. E por ultimo dizer só uma coisa, não esqueçam que, todos juntos, é muito difícil combater os inimigos que nós temos e divididos ainda é mais".

A carregar o vídeo ...
Fernando Madureira na AG do FC Porto: «Villas-Boas disse que enquanto o presidente for vivo deve liderar o clube»
29.11.2023
No seu discurso, Villas-Boas disse que se a administração devolver os prémios, aprova as contas: leia na íntegra

O discurso de Villas-Boas na íntegra na AG:

"Gostava de iniciar a minha intervenção com uma citação de um dos membros da direção aqui presente e que passo a citar: 'A sustentabilidade do negócio do futebol, todos o sabemos, não é fácil e sofre de imponderáveis vários, mas o FC Porto criou um modelo de negócio e procura atenuar efeitos da recessão económica, da crescente dificuldade do acesso ao crédito e acima de tudo preparar o clube para o futuro e para as imposições da UEFA relacionadas com o fairplay financeiro. Estamos preparados, porque sem abdicar da razão de existirmos, que é a conquista de troféus desportivos, soubemos sempre resistir à tentação de nos afundar em dívidas.' Revista Dragões, outubro de 2011. Caros associados, em 2011 a dívida financeira do FC Porto era de 98 milhões de euros e o passivo total era de 202 milhões de euros. 12 anos depois, a dívida financeira do FC Porto é de 311 milhões de euros e o passivo total de 499 milhões de euros. Hoje os capitais próprios atribuíveis aos sócios são negativos em 199 milhões de euros. Desde 2011, a administração do FC Porto recebeu mais de 27 milhões de euros em remuneração fixa e variável, sem considerarmos as ajudas de custo entre viaturas, combustíveis e despesas com cartão de crédito.

Conforme facilmente se constata a citação acima foi ultrapassada pelo tempo. Ao contrário de 2011, hoje estamos profundamente afundados em dívidas, temos a maior parte das receitas futuras antecipadas e podemos estar em vias de conceder direito de exploração comercial e respetivas receitas para os próximos 15 anos para uma empresa americana. Não existe visão, nem planeamento, nem modelo de negócio… (interrompido) que garanta a sustentabilidade financeira do FC Porto. Ao longo dos últimos 12 anos, o passivo mais do que duplicou, o que é revelador da indiferença da atual administração para com a existência do FC Porto enquanto clube de associados. Lamentavelmente, e em face deste cenário, já não vamos lá apenas com retoques na equipa directiva, que se avizinham, ou recorrendo a meras retóricas comunicacionais, ou ainda com acordos de confidencialidade em contraponto com as mais elementares regras de rigor e transparências e obrigações de uma empresa cotada em bolsa. Pergunto a vossas excelências, membros da direção, se seriam capazes de hipotecar o futuro das vossas famílias à proporção e velocidade com que hipotecam o futuro do FC Porto.

Não tenho outra alternativa que não seja manifestar a minha reprovação às contas aqui hoje apresentadas, condicionando a aprovação das mesmas à devolução da remuneração variável recentemente recebida pela atual administração.

Quero deixar claro que não podem ser as diferenças que nos separam a fazer esquecer o amor que todos sentimos pelo FC Porto. Aí estamos e sempre estaremos todos juntos, porque só há um FC Porto. Viva o FC Porto."

29.11.2023
«Estamos profundamente afundados em dívidas»: Ouça aqui na íntegra o discurso de Villas-Boas na AG do FC Porto
A carregar o vídeo ...
«Estamos profundamente afundados em dívidas»: Ouça aqui na íntegra o discurso de Villas-Boas na AG do FC Porto
29.11.2023
Villas-Boas já discursou e recebeu a ovação da noite

Futuro candidato foi muito aplaudido durante o seu discurso na AG.

29.11.2023
Villas-Boas já está a falar na AG

André Villas-Boas já tomou da palavra na Assembleia Geral.

29.11.2023
Sócio com longo discurso na AG

Um sócio vai falando na AG, num longo discurso.

29.11.2023
André Villas-Boas, Fernando Madureira, Angelino Ferreira e Nuno Lobo vão falar

André Villas-Boas, Fernando Madureira, Angelino Ferreira e Nuno Lobo inscrevem-se para falarem aos associados. Estão a apresentar os cartões de associados.

29.11.2023
Fernando Gomes esclarece sobre o novo parceiro do FC Porto e um modelo de 30%-70%

Sobre um dos prometidos novos parceiros dos dragões, Fernando Gomes anunciou que a nova empresa irá adquirir uma fatia de 30 por cento da Porto Comercial, mantendo-se os restantes 70 por cento na posse dos dragões, nascendo igualmente uma nova empresa no universo portista. Este parceiro está já na esfera de negócios de Real Madrid, Barcelona, Milan e NBA, entre outros. Além do mais, garantiu que a entrada de dinheiro no FC Porto no que diz respeito a este negócio é efetiva e não se trata de uma operação de adiantamento de receitas.

29.11.2023
Fernando Gomes explica também negócio de Otávio

Fernando Gomes também voltou a explicar o negócio do Otávio, nomeadamente a opção de a SAD só o ter vendido mais tarde para ganhar mais 20 milhões.

29.11.2023
Fernando Gomes explica diferença de receitas conseguidas através de bilheteira entre FC Porto e Sporting

Na sua intervenção, Fernando Gomes abordou, entre outros pormenores, a diferença de receitas conseguidas através de bilheteira entre FC Porto e Sporting. O vice-presidente explicou que, ao contrário dos leões, os portistas integram as verbas relacionadas com venda de camarotes e lugares de tribuna VIP no parâmetro de publicidade. Sobre o aumento dos custos de pessoal, Fernando Gomes fez questão de vincar que os mesmos se relacionaram sobretudo com prémios pagos ao plantel de futebol relativos ao título de 2021/22.

29.11.2023
Fernando Gomes, administrador da SAD, é o primeiro a falar

Fernando Gomes, administrador da SAD do FC Porto responsável pelas finanças, é o primeiro a falar aos sócios. As contas relativas a 2022/23 vão sendo mostradas através de imagens que passam em ecrãs.

29.11.2023
Começa a Assembleia Geral

Lourenço Pinto, presidente da Mesa da Assembleia Geral, abriu os trabalhos.

29.11.2023
Terceiro golo do Inter muito celebrado

Com os trabalhos quase a começar, no Dragão Arena celebrou-se muito o... terceiro golo do Inter ao Benfica, que deu o empate (3-3).

29.11.2023
Elementos da direção do FC Porto já nos seus lugares

Os elementos da direção do FC Porto já estão sentados nos seus lugares. Quase tudo a postos para o início dos trabalhos.

29.11.2023
Nuno Lobo à entrada para AG: «Que haja democracia»

Nuno Lobo, candidato à presidência em 2024, à entrada para a AG.

"Que decorra tudo bem, ao contrário da última AG. E que haja democracia. Contas do clube? Não subscrevo novamente estas contas do FC Porto. Menos gente nesta AG? Talvez pela chuva, não faço ideia, mas não é pela falta de amor ao clube ou medo."

29.11.2023
Abriu a bancada central do Dragão Arena

Com a afluência a aumentar e as cadeiras no solo ocupadas, foi aberta a bancada central do Dragão Arena para disponibilizar mais lugares para os sócios portistas.

29.11.2023
Início da AG adiado para as 21h30

Inicialmente marcada para as 21h, a AG apenas terá início às 21h30, pois à hora prevista para arrancar não estavam ainda 75% dos sócios necessários.

29.11.2023
Fernando Madureira presente

Fernando Madureira, líder dos Super Dragões, já se encontra no recinto para esta AG.

29.11.2023
Cadeiras em pleno campo

Ao contrário do que sucedeu na anterior AG, desta vez há também cadeiras em cima do campo. Assim, as bancadas do pavilhão apenas serão utilizadas caso todas as cadeiras estejam ocupadas.

29.11.2023
Henrique Ramos também já está no pavilhão

Henrique Ramos, o sócio portista que foi agredido na anterior AG (e cuja a segunda intervenção levou a nova vaga de confusão, motivando a suspensão definitiva da reunião), também já está no Dragão Arena.

29.11.2023
Sócios vão entrando no Dragão Arena
29.11.2023
Grande aparato policial para a Assembleia Geral do FC Porto
A carregar o vídeo ...
Grande aparato policial para a Assembleia Geral do FC Porto
29.11.2023
André Villas-Boas já chegou
DR Record

André Villas-Boas, futuro candidato à presidência do FC Porto, já chegou ao Dragão Arena para esta AG. O antigo treinador portista entrou no pavilhão às 20h10, em passo acelerado.

29.11.2023
Nova Assembleia Geral do FC Porto

Cerca de duas semanas depois dos confrontos que levaram à suspensão da Assembleia Geral Extraordinária, os sócios do FC Porto voltam a reunir-se em nova AG, agora para apreciação e votação das contas de 2022/23. André Villas-Boas estará novamente presente. Siga aqui tudo em direto.

Por Record
64
Deixe o seu comentário

Momentos Chave

Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas