Benfica pode somar 11.º título com Jorge Jesus, FC Porto quinto com Sérgio Conceição

Benfica e FC Porto disputam Supertaça na quarta-feira

• Foto: Paulo Calado/Arquivo

Jorge Jesus pode reforçar na quarta-feira o estatuto de treinador do Benfica com mais títulos, chegando aos 11, enquanto Sérgio Conceição procura o quinto ao comando do FC Porto, na Supertaça Cândido de Oliveira de futebol, em Aveiro.

Na primeira passagem pela Luz, Jesus arrecadou 10 troféus, em seis épocas (2009/10 a 2014/15), superando os nove 'canecos' do brasileiro Otto Glória, que liderou os 'encarnados' oito épocas (1954/59 e 67/70).

O técnico da Amadora, de 66 anos, ganhou três campeonatos, uma Taça de Portugal, cinco edições da Taça da Liga e uma Supertaça, num trajeto ainda marcado pela presença em duas finais da Liga Europa, ambas perdidas (2012/13 e 2013/14).

A sua segunda passagem começou algo 'tumultuosa', com um grande falhanço a abrir, a eliminação na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, mas, em termos das diversas competições, todos os objetivos estão em aberto.

O Benfica é segundo na I Liga, a dois pontos do líder Sporting, está nos oitavos de final da Taça de Portugal, na 'final four' da Taça da Liga e ainda nos 16 avos de final da Liga Europa, depois de ultrapassar a fase de grupos.

O primeiro troféu ao alcance é a Supertaça, que Jorge Jesus venceu uma vez ao serviço do Benfica, quando, em 2014/15, bateu o Rio Ave por 3-2 no desempate por grandes penalidades, após 120 minutos sem golos, em Aveiro.

Em caso de triunfo, Jesus somará o 11.º título pelo Benfica, na sétima época, mas se a vitória sorrir aos 'dragões', será, então, a quinta conquista de Sérgio Conceição, que está a iniciar a sua quarta época consecutiva no Dragão.

Nas três primeiras temporadas (2017/18 a 2019/20), o técnico de 46 anos, natural de Ribeira de Frades, Coimbra, ganhou dois campeonatos, uma Taça de Portugal e uma Supertaça Cândido de Oliveira.

Conceição arrancou com a conquista da I Liga (2017/18), negando então o 'penta' ao Benfica, ficou-se pela Supertaça em 2018/19, com um 3-1 ao Desportivo das Aves, em Aveiro, e, na época passada, alcançou a 'dobradinha'.

Os 'dragões' venceram o campeonato com mais cinco pontos do que as 'águias', depois de terem estado sete atrás, já em plena segunda volta, e, na final da Taça, superaram também o grande rival, por 2-1, em Coimbra, já sem público.

A quarta época começou algo atribulada, com muitos pontos perdidos no campeonato, traduzidos no terceiro lugar, a quatro pontos do Sporting e dois do Benfica, mas, nas outras competições, os 'dragões' têm estado em bom plano.

Os 'azuis e brancos' conseguiram chegar aos oitavos de final da Liga dos Campeões, sendo a única equipa fora do 'top 5' europeu nesta fase da prova, estão também nos 'últimos 16' da Taça de Portugal e na 'final four' da Taça da Liga.

No 'ranking' portista de troféus, Sérgio Conceição pode, para já, juntar-se no oitavo lugar a quatro ilustres técnicos, os portugueses José Maria Pedroto e Fernando Santos, o inglês Bobby Robson e o húngaro Mihaly Siska.

A 12.ª 'final' da Supertaça Cândido de Oliveira entre FC Porto e Benfica, correspondente à época 2019/20, realiza-se na quarta-feira, no Estádio Municipal de Aveiro, com início às 20:45, à porta fechada, devido à pandemia da covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Supertaça

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.