«Eu centrava melhor quando jogava futebol»: todas as reações sobre a final da Taça de Portugal

Após a conquista da Taça de Portugal por parte do FC Porto, com triunfo por 2-1 e bis de Mbemba

O FC Porto conquistou, este sábado, a Taça de Portugal ao vencer na final da prova o Benfica por 2-1, num encontro que teve lugar no Estádio Cidade de Coimbra. Mbemba, defesa-central dos dragões, foi a principal figura do encontro, ao marcar os dois golos da formação orientada por Sérgio Conceição. Vinícius, que entrou nas águias apenas na segunda parte, reduziu de penálti.

Confira todas as reações sobre a mais recente conquista dos dragões:

António Raminhos (humorista)

 
"Quando um filho não quiser a sopa, qualquer pai só tem de dizer 'Não comes a sopa? Olha que meto jogos do Benfica de 2019/20'. Vão ver se o puto não come. Os jogadores do Benfica são ótimos para substituir as máquinas na Autoeuropa, sempre com os mesmos movimentos."

José Augusto (ex-jogador)

 
"O FC Porto teve sempre mais pernas. Foi superior durante os 90 minutos em todos os aspetos técnicos ou táticos e a derrota é justa. Das três equipas, a melhor foi a do árbitro. Perdemos uma Taça, mas nesta altura da temporada já estamos cansados e tivemos uma época bastante negativa."

José Cid (cantor)

 "Gosto que o Benfica ganhe quando joga bem. Este Benfica não me diz nada. O FC Porto merece vencer a Taça. É perigosíssimo nos lances de bola parada. Weigl não vale 20 milhões de euros e Nuno Tavares não sabe cruzar. Eu centrava melhor quando jogava futebol."

Rodolfo Reis (ex-jogador)

"O FC Porto entrou bem e o Benfica tentou corresponder, mas o jogo fica estragado pela arbitragem. Jogar tanto tempo com menos um é terrível; no entanto, o FC Porto é um digno vencedor. Foi uma vitória à FC Porto antigo, a equipa ganhou na raça, no querer e na vontade."

Cristiano Pereira (ex-hoquista)

"É difícil ter um bom jogo com este relvado, mas, dentro do possível, jogou-se algum futebol. Na maioria do tempo, apesar das adversidades, o FC Porto foi superior. Apesar de o Benfica ainda ter tido uma ténue resposta no fim, a dobradinha é merecida e está bem entregue."

Iker Casillas, ex-guarda-redes do FC Porto

"Por detrás de cada treinador sério e com disciplina também se esconde uma grande pessoa. Durante estes três anos pude comprovar que Sérgio Conceição é assim: exigente ao máximo e competitivo. Quer ganhar sempre e transmite isso aos seus jogadores. É fácil dizê-lo agora mas se nestes três anos o FC Porto conseguiu troféus e pôde lutar por eles, foi por causa deste treinador. Com as suas irritações, claro! Parabéns a todos os portistas! E claro, a todos os meus companheiros! Hoje demonstrámos essa raça que tanto define os adeptos deste clube. Uma temporada gloriosa!"



Otávio, médio do FC Porto

"Já merecíamos esta Taça há muito tempo. O árbitro podia fazer o que quisesse que nós não perdíamos. Merecemos isto", disse o médio ao 'Porto Canal', falando depois da desvantagem numérica: "A jogarmos com 10? Com 10 não, eles é que jogaram com mais três e nós com menos quatro ou cinco. Mas faz parte. Estava escrito que não íamos perder. Assim sabe melhor."

Pepe, defesa-central do FC Porto

"Foi difícil, desde ontem que era já habitual os nossos adeptos irem dar esse apoio ao Estádio do Dragão, não foi possível e sentimos também essa raiva de não poder sentir o apoio dos nossos adeptos. Em relação ao jogo, entrámos bem, por isso mesmo, pelo querer que tínhamos, a raiva que tínhamos dentro, para darmos a vitória aos nossos adeptos, um grupo que trabalhou como trabalhámos, não era justo sair daqui com derrota, a equipa teve uma personalidade muito grande depois da expulsão do Luis, a equipa soube sofrer junto, acreditou que era possível ganhar e demonstrámos que com trabalho e humildade as coisas conseguem. E quem trabalha com seriedade como trabalhámos. Não quer dizer que o adversário não trabalhe com seriedade.

Uma provocação ao Benfica nos Aliados e fogo de artifício no Marquês: como os adeptos do FC Porto celebram
Estamos todos de parabéns, é uma dobradinha que os nossos adeptos pediram e conseguimos dar. É injusto para um grupo que trabalha tanto, fomos à final da Taça da Liga, final da Taça do ano passado, no ano passado podíamos ser campeões.

Voltamos a fazer ano fantástico, fomos outra vez à final da Taça da Liga, ganhámos a Taça de Portugal, fomos campeões. Dou os parabéns aos meus companheiros, ao nosso staff. A todo o clube. As pessoas só veem os jogadores, mas temos as pessoas que nos fazem o pequeno-almoço, as senhoras da limpeza, os roupeiros que nos levaram o equipamento a casa. Este título também é para eles."




Mbemba, defesa-central do FC Porto

"Era um jogo importante, sabíamos que era uma final. Agradeço o apoio a todos os adeptos. Sofremos muito, tivemos uma expulsão na primeira parte. Fizemos todos os possíveis para marcar. Não foi fácil, mas diria que foi sorte. Não foi nada fácil, sou defesa, mas apareceu a oportunidade e marquei. Quando o treinador viu o cartão vermelho e o Luis Diaz também, o treinador disse para respeitarmos esta camisola."

Vítor Bruno, treinador-adjunto do FC Porto

"Uma época atípica, com muitas nuances que nos fizeram constantemente adaptar… nesta altura não haverá muito a falar do jogo, temos de destacar os valores do grupo. A equipa hoje reencarnou os valores do povo do Norte, que é um povo nobre, leal, humilde, trabalhador e que nunca vira a cara à luta

O caráter está presente no dia a dia. Eles foram gigantes, com uma capacidade de trabalho incrível. Faltaram os adeptos, faltou-nos o treinador… sem adeptos era difícil, sem treinador principal mais difícil. Ficaram estes heróis…"

FC Porto chamou Casillas para levantar a Taça: as imagens da festa portista


Rui Gomes da Silva, candidato à presidência do Benfica

"A Festa da Taça voltou a unir-nos a todos hoje, sem fações, sem outro propósito que não levantar o "Caneco" e idolatrar ainda mais – se possível… – o nosso Benfica. Terminada a época desportiva, feridos no orgulho, mas com o mesmo amor, analisemos o mal feito ao nosso Clube este ano.

Para quem é do Benfica e nada ganha com os negócios do Benfica, cada insucesso é um duro golpe na alma. Que o perder – mais uma vez, contra uma equipa falida, sem qualidade, e hoje com apenas 10 – nos convença a todos que o Benfica não é negócio, mas paixão! A paixão pode necessitar do negócio para crescer, mas o negócio não vive sem paixão.

O Benfica é paixão e essa paixão é feita de sucesso desportivo. Hoje não foi um dia bom, mas com aqueles que, como nós, não precisam do Benfica para mais do que ser felizes e ganhar jogos, estaremos juntos em outubro. Porque, após as eleições, o Benfica deixará de estar amarrado a esta alegada elite que se serve do clube, ao invés de servir o nosso clube.

Queremos o Benfica dominador de novo em Portugal e respeitado em toda a Europa do futebol, um Benfica elevado de novo a ator maior! O Benfica não é deles, o Benfica é Nosso, dos adeptos e dos sócios!"

António Costa, primeiro-ministro

"Parabéns ao FC Porto pela conquista da Taça de Portugal, o mais popular dos troféus! Este ano sem a presença do público nem animação no Jamor, mas a conquista da Taça é sempre uma festa. Que seja celebrada cumprindo as recomendações da Direção-Geral da Saúde. Parabéns pela dobradinha!"



Nélson Veríssimo, treinador do Benfica

"Impotência do Benfica? Não concordo com essa análise. Na primeira parte foi um jogo equilibrado e quando o FC Porto ficou com menos um tivemos dificuldades em encontrar os caminhos, fruto dos posicionamentos do FC Porto. Depois começámos a sofrer o segundo golo e tivemos de ir em busca do resultado. Um remate enquadrado apenas ao cabo de uma hora? Tivemos dificuldades em encontrar os caminhos para a baliza. O FC Porto com menos um fechou os caminhos. Mas mesmo na desvantagem fomos à procura do resultado. Bolas paradas? Sofremos dois golos de bolas paradas. Temos trabalhado muito isso durantre a época, ainda mais agora, pois sabíamos que era um ponto forte do FC Porto. Mas não tenho ainda noção do que correu mal, tenho de ver as imagens."

Vínicius, avançado do Benfica

"Entrámos para ganhar, controlámos mas sofremos dois golos de bola parada. Há que pensar em nós e na próxima época. Começámos época bem. Tivemos altos e baixos mas agora não há que falar muito, é fechar a época e pensar na próxima. Trocas são normais. Seja qual for o treinador o Benfica quer sempre ganhar. Todos querem jogar, já passou. Agora é pensar na próxima época."

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto

"Que grande vitória do nosso FC Porto. Este jogo mostrou em todos os pormenores e pormaiores o quanto é difícil ganhar e quanto mérito tem este grupo de trabalho."



80
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Taça de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.