João Matos assume favoritismo total

Seleção Nacional inicia hoje a caminhada no Europeu com vontade de fazer história

• Foto: Paulo Calado

O Dia D chegou. Finalmente. Após duas semanas de trabalho intenso, a Seleção Nacional entra hoje em campo para defrontar a Roménia. "Chegou a altura de mostrar aquilo que trabalhámos, a nossa ambição e o que queremos neste Europeu", sublinhou João Matos, de 30 anos, um dos mais experientes desta Seleção.

"O primeiro foco é passar o grupo em 1º lugar, isso vai ou não ditar o nosso trajeto até ao pódio", refere o fixo, reafirmando o favoritismo nacional. "Se Portugal assume que quer chegar às medalhas e não se assumisse como favorito num grupo com Ucrânia e Roménia, algo estaria errado. Somos favoritos no grupo, temos de assumi-lo. Temos mais qualidade, mas de nada serve dizê-lo, se não o comprovarmos", referiu.

Sobre a Roménia, mostrou ter a lição bem estudada. "É uma equipa forte fisicamente, com jogadores possantes, com algum défice na velocidade. É aí que vamos tentar tirar algum proveito. Tem agora dois brasileiros que vêm acrescentar muito, principalmente o Sávio, que é extremamente tecnicista e rápido, mas acaba por ser uma equipa muito pesada, muito lenta", afirmou, confessando esperar que a vitória volte a sorrir a Portugal, que venceu nove dos 10 duelos até hoje disputados com os romenos.

Por Cláudia Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Europeu de futsal'2018

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.