Dono da Roma 'explode': «Mesmo com VAR fomos roubados. Farto desta porcaria, desisto»

James Pallotta muito crítico após a derrota com o FC Porto e consequente eliminação da Champions

• Foto: Reuters

O dono e presidente da Roma, James Pallotta, 'explodiu' no final do FC Porto-Roma (3-1), em que a equipa romana foi afastada da Liga dos Campeões devido à derrota no Estádio do Dragão. O dirigente criticou duramente a arbitragem, nomeadamente o vídeo-árbitro (VAR), afirmando que ficou por marcar um penálti a favor dos italianos aos 120', por alegado derrube de Marega a Schick na área portista.

"O ano passado exigimos VAR na Liga dos Campeões porque nos 'lixaram' nas meias-finais e esta noite havia VAR e mesmo assim fomos roubados. O Patrick Schick foi claramente derrubado na área, o VAR mostrou isso mesmo, e nada foi assinalado. Estou farto desta porcaria. Desisto", atirou Pallotta, citado pelo Twitter oficial da Roma.

Pepe com banco de madeira na mão e Conceição com pulo 'à Mourinho': celebração do FC Porto teve de tudo

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0