Guardiola 'evitou' recorde de Haaland e norueguês comentou: «Disse-lhe que gostava de ter marcado 6, mas que posso fazer?»

Norueguês revela o que disse ao treinador espanhol quando foi substituído frente ao Leipzig

• Foto: Action Images

Erling Haaland foi a figura da noite na goleada (7-0) do Manchester City sobre o Leipzig, partida onde o avançado norueguês apontou cinco golos e esteve a um pequeno passo de se tornar no primeiro jogador de sempre na Liga dos Campeões (atual formato) a apontar seis numa só partida. Contudo, seis minutos após a 'manita', Pep Guardiola teve algo diferente em mente para o jovem goleador e decidiu substituí-lo por Julián Álvarez.

No momento da substituição, Haaland e Guardiola protagonizaram uma curta troca de palavras, cujo conteúdo foi revelado pelo goleador na 'flash-interview'. "Mas que grande noite. Antes de tudo, estou orgulhoso por jogar nesta competição, adoro. Cinco golos! Ganhar 7-0 é fantástico", começou por dizer o 'ciborgue' norueguês à 'BT Sport', revelando de seguida a conversa que teve com Guardiola: "Disse-lhe que gostava de ter marcado 6 golos, mas que posso eu fazer?"

Dos cinco golos, qual o favorito?
"Ainda está tudo um pouco desfocado na minha cabeça. Lembro-me de rematar sem pensar. Estava tão cansado depois dos meus festejos. O meu ponto mais forte é marcar golos. Posso ser honesto? Muitos dos golos que marquei hoje, eu nem sequer pensei. Estava apenas a tentar colocar a bola no fundo da baliza."

Plano de jogo para esta noite agradou
"Trabalhámos a pressão sobre o adversário ontem, especialmente em casa temos de pressionar e correr muito mais. Somos tão bons em recuperar a bola. Penso que temos de fazer isto mais vezes, há mais espaço para os rapazes no meio jogarem", terminou.

Por Record
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas