Record

Nedved exigiu explicações ao árbitro por causa da expulsão de Ronaldo

Vice-presidente da Juventus falou com Felix Brych no intervalo do jogo

O vice-presidente da Juventus, Pavel Nedved, pediu explicações ao árbitro alemão Felix Brych durante o intervalo do jogo com o Valencia após a expulsão de Cristiano Ronaldo aos 30 minutos do encontro da 1.ª jornada do Grupo H da Liga dos Campeões. 

Segundo o programa 'Norantaminuts' da CV Radio, Nedved, juntamente com outros dois dirigentes da Juventus, confrontaram Felix Brych exigindo que este explicasse a razão pela qual havia mostrado vermelho direto a CR7 pelo suposto puxão de cabelos a Murillo.

Ronaldo "muito afetado"

Já no final do encontro, e confrontado com o lance, o treinador Marcelino Toral diz não ter opinião sobre o mesmo, mas partilha aquilo que viu de CR7 nos instantes seguintes. 

"Não vi a expulsão. Estava muito afetado, até mesmo a chorar, porque dizia que não tinha feito nada. Na confusão não vi nada e não tive a chance de ver o lance na televisão", disse.

Sobre o encontro, Marcelino lamentou o momento dos golos. "Todas as chances do adversário surgiram de centros. O penálti foi um rude golpe, mesmo em cima do intervalo. Começámos bem na segunda parte, mas o segundo penálti sentenciou-nos. Sofrer um golo aos 45' e outro aos 48', diante de uma equipa tão inteligente, é muito difícil".

Veja o lance da expulsão de Cristiano Ronaldo

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas