Polémica à vista: Itália pede mudança da sede da final da Liga dos Campeões deste ano

Em causa a polémica foto de alguns futebolistas a fazer uma saudação militar

• Foto: Reuters

Os últimos dias não têm sido particularmente fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas em torno do duelo entre Bulgária e Inglaterra, o organismo que rege o futebol europeu vê-se agora em mãos com um pedido por parte do Ministro dos Desportos italiano para que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Tudo por causa do recente ataque turco a forças curdas na Síria, que na segunda-feira à noite, aquando do duelo com a Albânia, parece ter sido 'apoiado' pelos futebolistas da seleção, com a saudação que se pode ver na foto acima.

Ora, em resposta ao sucedido, Vincenzo Spadafora enviou uma carta a Alexander Ceferin na qual pede de forma expressa que uma posição firme seja tomada sobre esta matéria. "Há que considerar neste momento se é apropriado tendo em conta os atos muito graves contra a população civil curda. Há que tomar uma decisão forte e mostrar, uma vez mais, que o futebol é um instrumento para a paz", escreveu, segundo excerto revelado pela agência noticiosa ANSA.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.