Ronaldo e Salah? Análise também mostra a influência de... Marcelo e Wijnaldum

Vítor Gazimba aplicou 'Passing Network Analysis' aos finalistas da Champions

O Record deu-lhe a conhecer a metodologia 'Passing Network Analysis" e testou-a, com a ajuda de Vítor Gazimba, em jogos do campeonato português e da Liga Europa. Faltava a Liga dos Campeões e nada melhor do que a final. O treinador português, responsável pela equipa B do Stromsgodset - e pioneiro na aplicação do conceito na Noruega - estudou os processos ofensivos de Liverpool e Real Madrid nos jogos da 1.ª mão das meias finais, contra Roma e Bayern Munique, respetivamente. Todos falam de Salah e Cristiano Ronaldo, mas nem sempre se destaca quem faz chegar a bola aos goleadores. 

Os números de Liverpool e Real Madrid

"O Real Madrid chega à terceira final consecutiva com 30 golos marcados, dos quais 15 são da autoria de Cristiano Ronaldo, e uma média de 2,5 golos por jogo nesta edição. Por sua vez, o Liverpool marcou 40 golos até chegar a Kiev, alcançando uma média de 3,33 golos por jogo, sendo que 29 dos remates certeiros foram de Salah (10 golos), Firmino (10 golos) e Mané (9 golos).

LIVERPOOL







 




"Os ingleses apresentam um estilo de jogo mais direto e que se caracteriza pela procura constante do seu trio de ataque, tanto em ataque organizado como em contra-ataque. Defensivamente, o Liverpool é bastante pressionante e, após a recuperação de bola, procura fazer chegar a bola de imediato ao tridente ofensivo. Quando em ataque organizado, as sequências de passe do Liverpool tendem a não ser longas e procuram canalizar o seu processo ofensivo maioritariamente pelos corredores laterais, o que faz com que Salah (11) e Mané (19) se assumam como os jogadores mais influentes no processo de jogo ofensivo do Liverpool.

Wijnaldum (5) é o jogador que maior quantidade de passes faz chegar a Salah (11), enquanto Robertson (26), o lateral esquerdo do Liverpool, é o principal fornecedor de jogo para Mané (19). Prevê-se que o Liverpool entre em campo pressionante, tentando condicionar o processo de construção do Real Madrid. Logo, será crucial para a equipa espanhola conseguir criar superioridade numérica no corredor central, de forma a conseguir lidar com a pressão e agressividade dos médios do Liverpool. Caso contrário, uma perda de bola no corredor central acabará, certamente, por resultar num contra-ataque perigoso do Liverpool".

REAL MADRID








 

"O Real Madrid exibe um estilo de jogo pautado por maior controlo da posse de bola e pela utilização de longas sequências de passe. Ao contrário dos defesas centrais do Liverpool, que tendem a jogar maioritariamente com os seus laterais, tanto Sergio Ramos como Varane demonstram ter a capacidade para explorar o corredor central, procurando fazer chegar a bola aos médios.

A equipa de Zinedine Zidane exibe uma rede de passes bem distribuída pelo conjunto dos jogadores e com a presença de várias relações de passe bastante fortes e consistentes. Isto revela que o processo ofensivo do Real Madrid não se encontra dependente de um jogador em particular ou de um grupo específico de jogadores. Normalmente, uma rede de passes deste tipo significa que a equipa tem um processo ofensivo muito difícil de travar.

Relativamente a Cristiano Ronaldo, a sua participação no processo de jogo ofensivo do Real Madrid aumenta com a chegada da bola ao último terço. É neste momento em que a maioria dos seus companheiros de equipa procura fazer mais passes para Ronaldo, de forma a colocá-lo em situações de finalização. Marcelo é o jogador que, com maior frequência, procura jogar com Ronaldo, seguido de Lucaz Vasquez, Modric e Isco".


Por David Novo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.