Treinador do Lyon quer ser a "pedrinha no sapato" do Bayern Munique rumo à final

Rudi Garcia dá o favoritismo ao conjunto alemão

O treinador do Lyon afirmou esta terça-feira que a sua equipa "não tem limites", depois de eliminar Juventus e Manchester City, e quer ser "uma pedrinha no sapato" do Bayern Munique, nas meias-finais da Liga dos Campeões.

"Não somos os favoritos. Mesmo que tenhamos menos hipóteses de estar na final, a verdade é que existe a possibilidade de isso acontecer. Queremos muito a final. A minha equipa pode alcançar tudo, não tem limites. O Bayern está a escalar uma montanha para chegar à final e, às vezes, basta uma pedrinha no sapato para estragar tudo. Nós queremos ser essa pedrinha no sapato", afirmou Rudi Garcia.

O técnico francês falava aos jornalistas numa conferência de imprensa realizada através da internet e que serviu de antevisão do duelo de quarta-feira com o Bayern Munique, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

"Depois de vencer a Juventus e o City, claro que temos muita confiança. Este grupo já alcançou coisas incríveis. Mas, não ganhámos nada e queremos ganhar. Queremos ficar mais uns dias em Lisboa. Gostamos de estar aqui", frisou Garcia.

O Lyon-Bayern Munique tem início agendado para as 20h00 e o vencedor defrontará na final da prova, agendada para domingo no Estádio da Luz, o Paris Saint-Germain, que venceu o Leipzig por 3-0.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas