Benfica é rei sem coroa da competição

TEM MAIS VITÓRIAS, JOGOS E GOLOS MAS NÃO O TÍTULO

Benfica é rei sem coroa da competição
Benfica é rei sem coroa da competição • Foto: lusa

O Benfica é o "rei" da Liga Europa, jovem competição em que detém o recorde de vitórias, pontos e golos marcados, mas, pelo segundo ano consecutivo, voltou a falhar a coroa na final. Depois de ter perdido a final da época passada, frente ao Chelsea, por culpa de um golo nos descontos, aos 90'+3, o conjunto da Luz caiu desta vez perante o Sevilha, no desempate por grandes penalidades (2-4), após 120 minutos sem golos.

A formação encarnada falhou, assim, o último passo, pela segunda vez, num trajeto sempre ascendente: quartos-de-final em 2009/10, meias-finais em 2010/11 e final em 2012/13 e 2013/14. Pelo meio, em 2011/12, os comandados de Jorge Jesus chegaram aos quartos de final da Liga dos Campeões, por isso terem ascendido hoje ao quinto lugar do "ranking" europeu, já que a igualdade permitiu ultrapassar o Manchester United. À frente do Benfica, numa tabela para a qual contam os pontos conquistados nas últimas cinco épocas, estão apenas Real Madrid, FC Barcelona, Bayern Munique e Chelsea.

A Champions 2014/15 voltará a começar no Pote 1 do sorteio da fase de grupos. O extraordinário trajeto do Benfica na Liga Europa, competição criada em 2009/10, substituindo a Taça UEFA, está bem espelhado em 65,8 por cento de triunfos: 25, em apenas 38 jogos, não contando as pré-eliminatórias, no caso o playoff de 2009/10. De resto, os encarnados somaram oito empates (21,1 por cento), o último a zero em Turim, face à Juventus, rumo à 10.ª final europeia, e perderam apenas cinco jogos (13,2), sendo que acabaram invictos em 2013/14 (seis vitórias e três empates).

Líder em quase tudo

No ranking da prova, o Benfica lidera nos pontos (são contabilizados dois por triunfo), com 58, contra 55 do PSV Eindhoven, nas vitórias, com 25, face às 23 do Atlético de Madrid, e nos golos, com 68, em contraponto com os 64 dos holandeses. Individualmente, Cardozo é o segundo melhor marcador, com 20 golos, contra 30 do colombiano Radamel Falcao, e Salvio o que mais jogou (metade dos 40 pelo Atlético Madrid), sendo que o paraguaio igualou hoje o segundo posto de Ola Toivonen (36), do PSV Eindhoven.

5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.