Sp. Braga-Brondby, 3-1: Bracarenses seguem para o playoff

Novo triunfo arsenalista dita encontro com o Spartak Moscovo

- O jogo de hoje foi apenas académico e nem faz imaginar as dificuldades que o Sp. Braga passou na Dinamarca. Que venha o Spartak Moscovo!

Fim do jogo.

90' - Três minutos de tempo de compensação.

87' - Brondby quase marca de novo! É Caju que salva e atira para canto um remate para golo de Lindstrom.

85' - Golo do Brondby! Perda de bola a meio-campo do Sp. Braga, o Brondby conduz a bola até à área, sobrando a bola para Bjur que, perante alguma passividade de Caju, atira a contar.

81' - Ricardo Esgaio recebe assistência no relvado. O lateral vai prosseguir a partida com a cabeça ligada após choque com um adversário.

73' - Última mexida nos dinamarqueses. Entre Bjur, sai Hedlund.

70' - Sá Pinto esgota as substituições. Tormena rende Pablo Santos.

68' - Tormena entra para o lugar de Wilson Eduardo.

66' - Gooooolllllooooo do Sp. Braga! Wilson Eduardo vê o penálti parado por Schwabe e, na recarga, Paulinho bate o guarda-redes dinamarquês de uma forma um pouco caprichosa.

65' - Penálti para o Sp. Braga! Falta de Jung sobre Ricardo Esgaio.

58' - Substituição no Sp. Braga. Sai André Horta e entra Xadas.

53' - Que grande tiraço de Wilson Eduardo de fora da área! A bola bate com estrondo na barra.

51' - Cabeceamento de Paulinho que passa a rasar o poste! Jogada nasce de um cruzamento de Wilson Eduardo a partir do flanco direito.

Início da segunda parte.


- Substituições ao intervalo no Brondby. Sai Kaiser e Wilczek e entram Fisker e Erceg

- Uma primeira parte sem muita emoção e com o Sp. Braga a não precisar de acelerar muito o seu jogo para fazer mossa. Foi o suficiente para chegar ao intervalo a ganhar por 2-0 e obrigar os dinamarqueses a marcar cinco golos para darem a volta à eliminatória.

Intervalo.

41' - Goooolllllllooooo do Sp. Braga! André Horta faz o segundo! Cruzamento de Murilo da esquerda. Corte da defesa do Brondby e André Horta atira de fora da área sem hipótese para o guarda-redes Schwabe.

20' - Gooooollllloooooo do Sp. Braga! Brondby sai a jogar a partir do guarda-redes, correu o risco e saiu-lhe mal. João Palhinha viu tudo por antecipação e intercetou um passe à entrada da área e atirou a contar.

16' - Boa recuperação alta de Palhinha, rematando rasteiro para uma defesa com o pé de Schwabe.

14' - Boa jogada do Brondby. Cruzamento nas costas da defesa da casa e Hedlung por pouco não atira para a baliza.

9' - Canto batido por Murilo na direita. A bola sofre um desvio na defesa nórdica, impedindo Bruno Viana de emenda para o golo.

- Jogo equilibrado até ao momento. Os dinamarqueses tentam marcar primeiro.

Início do jogo.


- As equipas já estão perfiladas no relvado!

- Terminou em Moscovo. O Spartak venceu o FC Thun por 2-1 e está incontornavelmente no caminho do Sp. Braga.

- O jogo será arbitrado pelo russo Aleksei Eskov. Dmitri Mosyakin e Nikolay Eremin são os assistentes, Vasili Kazartsev o 4º árbitro.

- Se os bracarenses seguirem para o playoff, quase de certeza que irão defrontar o Spartak Moscovo. Os russos vencem o FC Thun por 2-1 em tempo de compensação depois de terem vencido fora, por 3-2, na 1ª mão.

- O Brondby não vai desistir de lutar pelo apuramento para o playoff. "Queremos ganhar e sabemos que vai ser complicado, porque o Sp. Braga tem bons jogadores e sabemos as diferenças entre as equipas. Vai ser difícil, mas não impossível", afirmou o treinador dos escandinavos, Niels Frederiksen.

- "Aqui é fácil, porque neste clube temos todas as condições para recuperar de jogo para jogo. O departamento médico, em conjunto com a equipa técnica, dão-nos os recursos necessários. Esse aspeto é fácil de gerir. A nível mental, claro que é difícil, mas o grupo é forte", garantiu o lateral-esquerdo Sequeira, ele que até vai começar a partida no banco.

- "Para mim, está tudo em aberto e temos que jogar este jogo como se tivéssemos que o ganhar e esse é o nosso objetivo: não só passar a eliminatória, mas ganhar este jogo", frisou Sá Pinto na antevisão ao jogo de hoje, ciente que "o Brondby, à imagem do jogo na Dinamarca, vai querer impor um ritmo alto": "Temos de ganhar os duelos nas primeiras e segundas bolas e ter atenção para não fazer faltas junto à nossa área, porque eles são fortes nisso".

- Ao todo, Sá Pinto mexe em seis peças em relação à partida com o Moreirense.

- A grande surpresa no onze inicial é a inclusão do lateral-esquerdo Caju. Por outro lado, ao contrário do que seria de prever, Fransérgio fica no banco e alinha João Novais, enquanto Murilo joga no ataque em detrimento de Ricardo Horta.

- Agora do Brondby: Marvin Schwabe, Gammelby, Hermannsson, Arajuuri, Anthony Jung, Radosevic, Borkeeiet, Dominik Kaiser, Lindstrom, Simon Hedlund e Kamil Wilczek.

- Vamos ao do Sp. Braga: Matheus, Esgaio, Bruno Viana, Pablo Santos, Caju, Palhinha, João Novais, André Horta, Wilson Eduardo, Murilo e Paulinho.

- Já há onzes iniciais!

- Foco na determinação que o jogo vai exigir também por força do desenrolar do jogo da primeira mão, onde os arsenalistas fizeram os golos que garantiram o triunfo já em período de descontos.

- Os minhotos recebem o conjunto dinamarquês com uma confortável vantagem, mas o técnico Ricardo Sá Pinto também foi célere a reconhecer que a almofada de dois golos não é sinónimo de apuramento garantido.

- Os minhotos estão na frente da eliminatória, depois de terem vencido na Dinamarca por 4-2.

- O Sp. Braga recebe esta quinta-feira o Brondby em jogo da segunda mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa. O início da partida está agendado para as 19h45.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.