Spalletti e a 'nega' a Rui Vitória: «É fácil cumprimentar depois só porque ganhaste»

Treinador do Nápoles lembra que sempre apertou a mão ao treinador visitante antes dos jogos

Luciano Spalletti e Rui Vitória protagonizaram esta quarta-feira um momento de alguma tensão após o duelo entre Spartak Moscovo e Nápoles, quando depois da partida o técnico dos italianos decidiu recusar cumprimentar o português. Após o incidente, Spalletti explicou o que o levou a tomar tal atitude e criticou a postura do português.

"Ele não me cumprimentou antes do jogo. É aí que deves apertar a mão ao outro treinador, não apenas no final do jogo só porque ganhaste. Eu vou sempre cumprimentar o treinador visitante antes do jogo. É muito fácil fazê-lo depois, só porque ganhaste. Tens de dar as boas-vindas às pessoas ao estádio", atirou o treinador italiano, à Sky Sport Italia.

Sobre o jogo, que os italianos perderam por 2-1, Spalletti considerou que o arranque a perder foi decisivo. "Infelizmente, sofrer logo no começo tornou o jogo mais complicado para nós. Controlámos o jogo depois do intervalo, mas foi demasiado tarde. Fizemos o que precisávamos na segunda parte, mas não devíamos ter sofrido aquele golo no começo. Apresentei uma equipa atacante, para ter iniciativa, mas aquele golo mudou tudo."

Por Record
12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas