Real Madrid, Barcelona, Juventus e Milan arriscam exclusão de dois anos das provas europeias

ESPN revela que a UEFA já iniciou procedimentos legais para castigar clubes que mantêm ligação à Superliga Europeia

• Foto: EPA

A Superliga Europeia acabou ainda antes de começar mas continua a dar que falar e a UEFA pode mesmo avançar com sanções a quatro dos 12 clubes fundadores. Real Madrid, Barcelona, Juventus e AC Milan ainda não oficializaram a saída da competição e por isso mesmo, de acordo com a ESPN, o organismo presidido por Aleksander Ceferin já terá iniciado vários  procedimentos legais no sentido de castigar o quarteto.

E para isso fará valer os regulamentos, nomeadamente o artigo n.º 51 da UEFA, que diz que "os agrupamentos ou alianças entre associações-membro da UEFA ou entre ligas ou clubes direta ou indirectamente filiados a diferentes associações-membro da UEFA não podem ser formados sem autorização da UEFA". Em cima da mesa estará, segundo a ESPN, uma exclusão de dois anos das competições europeias, sendo que os restantes oito clubes (Atlético Madrid, Inter, Man. City, Man. United, Arsenal, Tottenham, Liverpool e Chelsea) deverão ser apenas multados. 

Recorde-se que ontem o presidente da FIFA, Gianni Infantino, defendeu, em entrevista ao L'Équipe, um diálogo em vez de sanções aos clubes que tentaram criar a Superliga.

Por Record
7
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Superliga Europeia

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.