Superliga Europeia não surpreende Marcelo Bielsa: «O rico quer sempre ser mais rico»

Treinador do Leeds deixou reflexão curiosa antes do jogo com o Liverpool

• Foto: Reuters

Marcelo Bielsa, treinador do Leeds, comentou a Superliga Europeia à Sky Sports antes do duelo com o Liverpool - um dos 12 emblemas fundadores da nova prova - e deixou uma reflexão bastante curiosa, admitindo que não ficou minimamente 
surpreendido. 

"Isto não me surpreende. As equipas superiores têm conseguido impor a sua superioridade pela competição. Quando já não precisam dos outros para ganhar dinheiro, então aí dispensam o que não precisam. É algo muito comum, não apenas no futebol. Não nos deveria surpreender. O problema fundamental é que o rico quer sempre ser mais rico, sem pensar nas consequências para os demais. Quanto mais poder ganham, começam a pedir ainda mais privilégios sobre os outros", disse o treinador argentino, de 65 anos.

"Os mais poderosos são poderosos por aquilo que trazem, mas o resto para eles é dispensável. O que faz da competição algo fantástico é a a possibilidade de uma equipa mais pequena evoluir, não apenas as equipas grandes jogarem entre si. Mas a lógica do mundo neste momento, também no futebol, é que o mais poderoso se torna mais rico como consequência do fraco se tornar mais pobre. Se é isso que guia o mundo de momento não devia haver tanta surpresa e estupefação. É algo que estava a caminho", acrescentou Bielsa.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Superliga Europeia

Notícias