Brahimi ainda em dúvida para o Argélia-Zimbabwe

Continua a interrogação

• Foto: EPA

Hoje arranca o Grupo B e as atenções estão viradas para a estreia nesta edição de uma Argélia que muitos veem como forte candidata ao título. Contudo, o belga George Leekens, selecionador dos guerreiros do deserto, só hoje, bem perto da hora do jogo com o Zimbabwe, é que sabe se pode contar com Yacine Brahimi.

O médio do FC Porto chegou ao Gabão limitado fisicamente e, apesar de ter cumprido parte do primeiro treino da Argélia em solo gabonês, continua em dúvida. Já Mahrez e Slimani serão presenças certas num onze que Leekens quer forte para entrar a ganhar. "Eu sei que a imprensa argelina só fala dos duelos com Senegal e Tunísia mas eu só estou a pensar no Zimbabwe. Vejo o nosso jogo contra eles como um duro desafio. Temos de estar 100 por cento concentrados para bater este adversário", alertou.

Senegal enfrenta a Tunísia

No outro jogo, Aliou Cissé, antigo internacional e atual selecionador do Senegal, deixou bem claro que só o talento de Sadio Mané ou Keita Baldé não serve para bater a Tunísia. "Ouvi alguém dizer que o Senegal é favorito porque a maioria dos jogadores joga em grandes ligas. Se só o talento bastasse, o Senegal ganharia a Taça das Nações Africanas há anos", disse.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de CAN 2017

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.