Fita isoladora na camisola de guarda-redes improvisado vale multa às Comores

Imagem correu o Mundo. CAF sancionou a modesta seleção pela situação

Correu o Mundo a imagem da camisola de Chaker Alhadhur, no jogo com os Camarões, com um 3 'desenhado' com fita isoladora para tapar o 16 da camisola original. Aquela imagem mostrou um outro lado da CAN, dando ainda mais foco ao que sucedeu nesse encontro, no qual as Comores foram obrigadas a jogar com um lateral esquerdo a guarda-redes por causa da Covid-19. Agora, não bastasse a derrota e eliminação nessa partida, a modesta seleção foi agora multada pela CAF em 5 mil dólares (4,4 mil euros) precisamente pelo episódio da camisola, por "não respeitar o número da camisola já registado no sistema".

Houve ainda uma segunda multa, de 2 mil dólares (1,7 mil euros), que também fica relacionada com esta situação, devido ao atraso no início do jogo por conta da seleção das Comores. Em causa aqui esteve o facto de Alhadhur ter-se apresentado no túnel de acesso ao relvado com uma camisola com um número que não era o seu (o tal 16). Voltou atrás, colocou a fita isoladora e regressou ao relvado, mas com o tal atraso que valeu a multa.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de CAN

Notícias

Notícias Mais Vistas