Ilhas Comores apuram-se para Taça das Nações Africanas pela primeira vez

Após empate sem golos frente ao Togo

• Foto: Action Images

As Ilhas Comores apuraram-se esta quinta-feira para a Taça das Nações Africanas de futebol, no próximo ano, ao empatarem sem golos com o Togo, na penúltima jornada do grupo G, conseguindo uma qualificação inédita.

Com nove pontos, agora alcançados, já não poderão ser apanhadas pelo Quénia, terceiro com três pontos, e garantiram uma das vagas para o arquipélago do Índico, ao largo de Moçambique.

O apuramento foi celebrado no estádio Malouzini por cerca de mil pessoas autorizadas a assistir ao encontro, dadas as restrições devido à pandemia de covid-19, no que é o primeiro torneio para o território de menos de 900 mil habitantes e, por área, o quarto país mais pequeno do continente.

O país assenta nas ilhas de Grande Comore, Mohéli e Anjouan, como parte de um grupo de ilhas que inclui o território francês de Mayotte, que a União de Comores disputa, e vários territórios desabitados.

A 33.ª edição da Taça das Nações Africanas estava marcada para o próximo ano, mas acabou por ser adiada para 2022 - apesar de manter a designação CAN2021 - para não coincidir com a Copa América e o Euro2020, que foram adiados, devido à pandemia de covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de CAN

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.