Chile derrota Bolívia e soma primeiro triunfo na Copa América

Ben Brereton, aos 10 minutos, apontou o único golo do encontro

• Foto: Reuters

O Chile conquistou hoje o primeiro triunfo na edição 2021 da Copa América, ao vencer a Bolívia por 1-0, num jogo em que dominou claramente na primeira parte e sofreu na segunda.

Na Arena Pantanal, em Cuiabá, Ben Brereton, na primeira titularidade pela seleção 'roja' à segunda internacionalização, resolveu o encontro, aos 10 minutos, colocando os chilenos com quatro pontos, depois do 1-1 com a Argentina, na estreia.

Por seu lado, a Bolívia foi melhor na segunda parte, mas não conseguiu acertar na baliza defendida por Claudio Bravo, mantendo-se, assim, a zero, uma vez que já tinha perdido com o Paraguai, por 3-1, num embate que liderou.

A formação chilena entrou a dominar e marcou logo aos 10 minutos, com Vidal a lançar Vargas e este a isolar Ben Brereton - jogador nascido em Inglaterra, mas com mãe chilena, que se tinha estreado frente à Argentina - para este faturar com classe.

Em vantagem tão cedo, 'la roja' construiu uma série de ocasiões para ampliar a vantagem, que Pulgar (16 minutos), Meneses (17 e 38), Brereton (23), Vargas (36) e Vidal (43) desperdiçaram, com réplica boliviana de Roberto Fernández (30) e Vaca (45).

Na segunda parte, a Bolívia assumiu o comando do encontro, mas não conseguiu marcar nas ocasiões que construiu, nomeadamente por Saavedra, aos 56 minutos, e Diego Bejarano, aos 73 e 80, perante um Chile que 'desapareceu' ofensivamente.

O encontro foi arbitrado, sem problemas, pelo espanhol Jesus Gil Manzano, num intercâmbio entre UEFA e CONMEBOl, que também já fez com que o jogo do Euro2020 entre Ucrânia e Macedónia do Norte tivesse sido 'apitado' pelo argentino Fernando Rapallini.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Copa América

Notícias

Notícias Mais Vistas