Thierry Correia enaltece apoio à distância: «Temos sido muito acarinhados no final dos jogos»

Lateral garante que a Seleção de sub-21 quer fechar a fase de grupos com nova vitória sobre a Suíça

• Foto: André Sanano/FPF

Thierry Correia valorizou esta segunda-feira o apoio virtual dos adeptos à Seleção Nacional de sub-21, que procurará consumar na quarta-feira a passagem à ronda eliminatória do Campeonato da Europa.

"O apoio nas redes sociais tem sido muito importante nesta fase devido à ausência de adeptos. Temos sido muito acarinhados pelos portugueses no final dos jogos. Já o momento de cantar o hino é sempre muito especial e tento desfrutar ao máximo", admitiu o defesa, em declarações ao site da Federação Portuguesa de Futebol.

Líderes isolados do Grupo D, com seis pontos, graças aos triunfos sobre Croácia (1-0) e Inglaterra (2-0), os lusos defrontam a Suíça na quarta-feira, às 18 horas locais (17 horas em Lisboa), no Estádio Stozice, em Ljubljana, com arbitragem do sueco Glenn Nyberg.

Um empate garante o 1º lugar do grupo e a entrada na próxima fase, que também poderá ser confirmada com uma derrota por um golo frente aos helvéticos, exceto 1-0 ou 2-1, ou se a Croácia não derrotar a Inglaterra à mesma hora, em Koper, também na Eslovénia.

"Sempre que jogamos, é para ganhar. Queremos vencer todos os jogos e é isso que vamos tentar fazer no próximo encontro. Já temos alguma experiência neste tipo de torneios e sabemos que estamos a um passo de concretizar o objetivo nesta fase, mas estamos tranquilos e vamos lutar para vencer o próximo jogo", sublinhou Thierry Correia.

Instado a recordar o triunfo de domingo sobre os ingleses, com golos de Dany Mota e de Francisco Trincão, de grande penalidade, na segunda parte, o lateral dos espanhóis do Valência enalteceu uma reposta "à altura" perante "jogadores muito fortes fisicamente".

"Controlámos o jogo quase todo. Entrámos fortes e tivemos ocasiões de golo, mas não conseguimos marcar na primeira parte. Na segunda, tivemos mais posse de bola, concretizámos e ganhámos o jogo, que era o mais importante. Controlámos também no plano defensivo, porque não encaixámos golos", analisou o defesa formado no Sporting.

Thierry Correia, de 22 anos, tem sido a escolha preferencial no lado direito da defesa e assume que tem "estado bem", refletindo a "confiança" transmitida pelos companheiros e pelo selecionador Rui Jorge, no sentido de "tentar dar o melhor para ajudar a equipa".

"É uma concorrência saudável, porque há muitos laterais de grande qualidade, tanto na esquerda, como na direita, em Portugal", concluiu o lateral, que se sagrou campeão europeu pela equipa das 'quinas' nos escalões de sub-17, em 2016, e sub-19, em 2018.

A primeira fase do Europeu de sub-21 decorre até quarta-feira e apura os dois primeiros colocados de cada um dos quatro grupos para a ronda eliminatória (quartos de final, meias-finais e final), destinada às oito melhores seleções, a decorrer entre 31 de maio e 6 de junho, igualmente na Hungria e Eslovénia, países coorganizadores da prova.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Europeu Sub 21

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.