Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F

UEFA pede a patrocinadores para não usarem cores do arco-íris em São Petersburgo e Baku

Polémica que tem marcado boa parte do Euro'2020

• Foto: Reuters
A UEFA pediu aos principais patrocinadores que não colocassem faixas publicitárias com as cores do arco-íris nos estádios de São Petersburgo e de Baku, onde se disputam jogos dos quartos de final do Euro'2020.

"Devido às suas preocupações acerca do enquadramento jurídico em torno dos estádios na Rússia e no Azerbaijão, a UEFA informou-nos que não seria possível usar publicidade com as cores do arco-íris em painéis publicitários nos estádios em São Petersburgo e em Baku", revelou e lamentou a Volkswagen, um dos patrocinadores da competição, em comunicado enviado à Agência France Press.

A polémica já tinha estalado na fase de grupos, quando a cidade de Munique quis iluminar seu estádio com as cores do arco-íris para apoiar a comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero) antes do jogo Alemanha-Hungria, como forma de protesto contra uma lei húngara que proíbe a divulgação de conteúdos sobre orientação sexual a menores de 18 anos.

A UEFA proibiu essa iluminação, alegando que a mensagem que se pretendia passar continha, também, uma componente política, mas vários patrocinadores do Euro'2020, entre eles a Volkswagen, mostraram sua solidariedade ao transmitir anúncios com as cores do arco-íris nos estádios durante os jogos dos oitavos de final.

A UEFA autorizou a iniciativa dos patrocinadores, mas nenhum destes jogos foi disputado na Rússia ou no Azerbaijão, e a Volkswagen pretendia fazer o mesmo nos jogos dos quartos de final, com o objetivo de "enviar um sinal claro em favor da diversidade".

No entanto, a distribuição de faixas com as cores do arco-íris continua autorizada nos estádios de Roma e Londres, revelou a fabricante alemã de automóveis.

Os jogos Suíça-Espanha e República Checa-Dinamarca (sábado), dos quartos de final do Euro'2020, disputam-se nos estádios de São Petersburgo e no estádio Olímpico de Baku, respetivamente.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Euro 2020

Notícias