Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F

Das previsões de Mancini aos sonhos de Pessina com... Busquets: o Euro'2020 de Itália visto por dentro

Documentário "Sogno Azzurro" passa em revista percurso dos campeões da Europa

• Foto: Reuters

O percurso da seleção italiana até à vitória no Euro'2020 foi retratado no documentário 'Sogno Azzurro' ['sonho azul'], que estreou esta quinta-feira na RAI, televisão estatal italiana. Foram mostradas imagens inédias dos balneários e ainda algumas palestras de Roberto Mancini, nas quais salta, à vista as 'previsões' do selecionador italiano. 

Mancini anteviu um jogo muito difícil diante da Áustria, um encontro mais tranquilo com a Bélgica e alertou os jogadores de que a noite da partida com a Espanha iria ser longa e difícil. Um facto para o qual também Giorgio Chiellini avisou os companheiros de equipa: "Espanha deu-nos muitas noites mal dormidas e muitas deceções."

Antes do duelo das meias-finais da competição com a 'La Roja', Mancini apelou ao espírito de sofrimento dos seus jogadores e mostrou-se confiante quanto ao futuro.

"Vamos ver rapazes, aqui estamos de novo. Vai ser um grande jogo. Lutamos, trabalhamos e às vezes ficamos ansiosos para que chegue uma noite como estas. Antes de mais, devemos estar felizes por disputar um jogo que será bom e difícil, mas tenho a certeza que vocês farão o que têm de fazer, porque são os melhores. Temos de pressionar muito e juntos, mas se tivermos de defender, defendemos. Vocês dentro do campo sabem melhor do que eu que, quando chega o momento, tomam a decisão mais adequada. Nem sempre dá para dominar os jogos. É o que gostaríamos, mas temos adversários do outro lado.  Às vezes temos de sofrer e, nesses momentos, temos de estar unidos. Se tiverem que esperar, esperem, e quando eles começarem a jogar... Calma, deixem que eles se aproximem [da nossa baliza]. Se ficarem a jogar lá atrás não vão criar-nos problemas. Espanha tem um grande plantel. Têm jogadores muito jovens, mas muito bons. Vão ver que vamos jogar o Mundial, assim como eles e talvez alguma outra seleção. Não será um jogo fácil, teremos que sofrer até ao fim e tentaremos fazê-lo juntos, como sempre. E lembrem-se: vocês são os melhores. Boa sorte!", atirou o técnico, de 56 anos.

Jogadores confessaram o sofrimento vivido durante o jogo

No mesmo documentário foram ainda revelados alguns comentários dos jogadores da Squadra Azzurra no dia seguinte ao encontro com a seleção espanhola.

"Sonhei com Busquets. Pensei que estava na minha cama", disse Pessina, ao que Donnarrumma respondeu: "Ele fez-te um cachimbo?."

Já Chiellini revelou ter sofrido. "Dos 60 aos 90 minutos não consegui empurrar mais nada. É que não tivemos um momento de descanso", afirmou, enquanto Immobile disse ter passado por uma situação ainda pior: "Fiquei 60 minutos a correr atrás da bola sem nunca lhe tocar."

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.