Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F

Fernando Santos: «Levo mala para um mês... e tabaco também!»

Selecionador nacional deixa claro Portugal vai ao Euro'2020 para ganhar

Há cinco anos, em pleno Europeu de 2016, Fernando Santos deixou uma frase que ficou para a história e que se acabou por revelar uma premonição. "Já disse à minha família: só vou dia 11 para Portugal. Vou lá e vou ser recebido em festa". Foi antes do duelo com a Hungria, o terceiro da fase de grupos, e na altura serviu como mote para o que se seguiu: uma caminhada triunfal até à vitória final em Paris, que coroou a Seleção como campeã europeia.

Cinco anos volvidos, e precisamente tendo como próximo duelo um embate com a Hungria, o selecionador nacional volta a apontar novamente alto e até faz uma revelação. "Campeão Europeu? Como objetivo sim, é o objetivo, sou claro e não alterei o meu pensamento, vamos sempre para ganhar. Levo mala para um mês... e tabaco também!".

Voltar aos clubes no horizonte

Na mesma entrevista, Fernando Santos assumiu que deseja um dia voltar a comandar um clube. "Gostava, porque uma das coisas que gosto é de ensinar. Há sempre coisas a corrigir numa equipa, mas aqui é difícil. Tenho três ou quatro treinos. O treinador do clube tem treinos todos dias, manda parar, refazer... Aqui não posso estar sempre a parar e refazer, aqui e para ali... Porque o treino acaba e não saímos disso. É muito diferente. Voltaria a treinar um clube com todo o gosto. Se um dia tiver de o fazer, farei com toda a alegria. Houve uma fase em que disse que ia acabar [a carreira] mais cedo. Quando estava na Grécia achei que ia ficar por lá, chegar a uma idade boa e dedicar-me à família, mas até eles já perceberam que não vai acontecer".

Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Portugal

Notícias