Didier Deschamps: «Eles é que nos obrigaram a recuar»

Técnico aborda as dificuldades passadas perante o Peru

• Foto: Reuters

O selecionador de França, Didier Deschamps, abordou a vitória sobre o Peru (1-0), em jogo do grupo C do Mundial 2018. O técnico refere que a equipa teve dificuldades em trocar a bola e que foi empurrada para trás pelos peruanos.

"Temos alguma pena de não termos feito mais um golo no primeiro tempo, o que nos teria permitido gerir um pouco melhor a segunda parte. Tivemos dificuldades em trocar a bola e isso obrigou-nos a defender, mas fizemos o que era preciso em termos de solidariedade e agressividade, não lhes demos nada e fomos recompensados. Não é de um dia para o outro que as coisas se fazem e foi importante que toda a equipa estivesse envolvida. Na segunda parte, não recuámos, eles é que nos obrigaram a recuar. O problema é que quando ganhávamos a bola, voltávamos a perdê-la", referiu.

Relacionadas

Deschamps encarou o recuo do bloco como natural face às circunstâncias do jogo, garantindo ainda que o jogo com a Dinamarca vai ser encarado de forma a garantir o primeiro lugar do grupo.

Quanto mais o tempo passa, quando se está a ganhar 1-0, mais há a tendência de recuar, é legítimo. A Espanha fez isso com o Irão e não tem falta de maturidade. O que eu queria é que tivéssemos bola para poder encarreirar.  Não penso no terceiro jogo, vamos jogá-lo para assegurar o primeiro lugar. Vou dar tempo, é preciso recuperar bem, pelo menos 48 horas, antes de nos lançarmos sobre o jogo com a Dinamarca", concluiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias