Festa com jogadores mexicanos tem outra versão

'El País' revela que todos os 23 futebolista convocados para o Mundial 2018 estiveram presentes

A notícia caiu que nem uma bomba, obrigou Herrera a deslocar-se a Portugal explicar-se à mulher, mas parece que a festa privada dos futebolistas mexicanos com cerca de 30 mulheres afinal tem uma outra versão.

Segundo revela este sábado o 'El País', todos os 23 jogadores convocados por Juan Carlos Osorio para o Mundial 2018 estiveram na referida festa e não apenas um grupo como inicialmente divulgado: Guillermo Ochoa, Carlos Salcedo, Marco Fabián, Jesús Gallardo, Giovani e Jonathan dos Santos, assim como os portistas Héctor Herrera, e Jesús Corona e o benfiquista Raúl Jiménez foram os primeiros nomes avançado.

De acordo com o jornal espanhol, foram exibidas fotografias só de alguns jogadores, já que a federação mexicana tentou proteger alguns jogadores, como Javier Hernández e o veterano Rafael Márquez.

"Garanto que foram todos, estava planeado. E não estava lá nenhuma mulher a troco de dinheiro. Foram de livre vontade", revelou um elemento do grupo mexicano, sob anonimato.

"Era uma festa normal, havia de tudo, água para quem não quisesse beber álcool, houve quem não bebesse nada. As mulheres eram amigos, não acompanhantes", afirmou um familiar de um dos jogadores envolvidos. "Era uma festa para a aproximar o grupo, mas acabou por dividi-lo", acrescentou.

Versão corroborada por uma das mulheres presentes na festa: "Estavam todos. Foi uma festa normal, mas as pessoas gostam de sensacionalismo. Foi divertido", afirmou ao 'El País'.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0